.
“Os fariseus e os escribas tomaram as CHAVES DA GNOSIS. Eles não entraram e nem deixaram entrar aqueles que queriam entrar. Vós, no entanto, sede sábios como a serpente e manso como as pombas”
( JESUS CRISTO – Evangelho de São Tomé )

"Seguramente, cada um que receba um Mistério do Reino da Luz, irá e herdará até à região na qual recebeu Mistérios. Porém, não conhecerá ... a Gnose do universo e porque é que tudo isto surgiu a menos que conheça a UNA e Única Palavra do Inefável que é a Gnose do Universo. ..... E de novo vos digo abertamente: EU SOU A GNOSE DO UNIVERSO"
.
(Jesus Cristo em Pistis Sophia, o livro sagrado do cristianismo gnóstico primitivo)

.

Em Defesa da Divina Gnosis do Cristo.

Em Defesa da Divina Gnosis do Cristo.
JESUS CRISTO, Grande Mestre Gnóstico e Chefe da Loja Branca.
.
.

Sobre as plantas Peyote e Yagé / Ayahuasca

.
Sobre as plantas Peyote e Yagé( ou Ayahuasca ), fizeram a seguintes perguntas ao V.M. Samael Aun Weor:
.
PERGUNTA: "Usted habló alguna vez del “Peyote”, y también el Maestro Huiracocha, precisamente como ayuda en estos casos de desdoblamiento."

RESPOSTA: "El PEYOTE ES MUY DIFERENTE. El coopera, sí con la Meditación, no forma hábito de ninguna especie. Es muy exigente: Hay que TENER CASTIDAD; en modo alguno ayudaría el Peyote, por ejemplo, a los lujuriosos. El tiene sus reglas. El Maestro Huiracocha habla sobre el Peyote. Cuenta cómo el Maestro Rasmussen, dentro del Templo de Chapultepec, lo utilizó para provocar un desdoblamiento... ES LA ÚNICA PLANTA RECOMENDABLE, pero ESO ES PARA LOS HOMBRES CASTOS, y a condición de no abusar de él. Un estudiante que quiso usarlo por tercera vez, después de haber recibido varias instrucciones, fue llamado al orden por los Señores del Karma, se le prohibió continuar con él, dijéramos, abusar de él, para ser más claro. Así, pues, el Peyote es útil, pero hay que SABERLO USAR, NO ABUSAR DE ÉL jamás. En cuando a las demás drogas, no diré nada...
Al Peyote no lo podemos considerar droga; es una planta inofensiva que no forma hábito de ninguna especie y que solamente coopera con la Meditación, cuando se sabe meditar. Alguien podría consumir un kilo Peyote y no tener ningún resultado; otro podría mascar un pedacito, unos cuantos gramos, y obtener un resultado extraordinario. El todo está en que se sepa meditar. Él coopera con el que sabe meditar y con el que es casto de verdad. Pero como eso no se consigue por allá, en otros países, naturalmente no podríamos en modo alguno recomendarlo, porque, ¿cómo?, si en los países de Sur América no se consigue y en los de Centro América tampoco. Aquí en México se consigue, pero con dificultad." ( V.M. Samael Aun Weor )


PERGUNTA: "Y el Yagué, Maestro?"

RESPOSTA: "Pues, el Yagué es demasiado drástico. Para las gentes que viven en el Putumayo y en el Amazonas, por allá en Colombia, es muy difícil de lograr. Quien quiera, verdaderamente, conseguir el Yagué, tiene que internarse en las selvas más profundas, porque el Yagué que está en las ciudades, no es Yagué. Otra clase de plantas, pero no conduce".
( V.M. Samael Aun Weor )

O V.M. Samael Aun Weor cita em alguns de seus livros sobre estas duas plantas - Peyote e Yagé( ou Ayahuasca ) - que foram utilizadas pelos povos Astecas e Incas, respectivamente. Não somente o Mestre Samael referiu-se a estas plantas, mas também o Dr. Arnold Krumm Heller ( Mestre Huiracocha ), professor de medicina da Universidade de Berlim. Estas plantas não produzem alucinações, são vegetais que produzem percepções extra-sensoriais pela ativação momentânea de certos chacras.

No entanto, o Mestre Samael NÃO RECOMENDA o seu uso. Vejamos:

“Os Astecas usavam o peyote para ensinar aos neofitos a sair em corpo astral. Não recomendamos o uso desta planta maravilhosa que faz que se separe o corpo astral do fisico e que, quem a toma, conserve a lucidez de sua consciência enquanto atua em astral. Recomendamos, sim, prática, muita prática, e logo você atuará e viajará de corpo astral.
( “Magia Crística Asteca” – Samael Aun Weor )

Na sequencia deste mesmo texto o Mestre Samael entrega MANTRAS para sair em corpo astral. Veja, o Mestre Samael fala em utilizar MANTRAS para sair em corpo astral, como é o caso do mantra FA-RA-ON, que nós o encontramos em seus vários livros.

Observe aqui que o Mestre Samael, NÃO RECOMENDA o uso da planta e que, quem a tome, deve conservar a lucidez enquanto esteja em astral, ou seja, que deve atuar com consciência enquanto se está em astral, do contrário não se pode perceber as impressões provenientes do astral superior ( solar ) e sim somente as do astral inferior lunar. Sabe-se que a dimensão astral divide-se em superior ( solar ) e inferior ( lunar ), daí o Mestre Samael recomendar muita prática e entende-se que nesta prática icnclui-se a morte do ego, de momento a momento, para que se possa despertar a CONSCIÊNCIA OBJETIVA e perceber as impressões vindas do astral superior que é de onde vem o conhecimento REAL, OBJETIVO e VERDADEIRO.

“Na monografia 4 dissemos que o peyote faz com que se separe os corpos físico e astral e que o neófito não perca a lucidez de sua consciência nos mundos superiores”.( V.M. Samael Aun Weor )

É preciso que se entenda que estar consciente no astral não é ter a CONSCIÊNCIA OBJETIVA DESPERTA, não significa acessar obrigatoriamente a seção superior da dimensão astral. Um indivíduo acessa a seção superior astral quando está morrendo sobre si mesmo( morrendo o ego ), quando está despertando a consciência objetiva pela morte do ego, daí a importância da morte dos eus psicológicos.

Cabe aqui ressaltar, que até MAGOS NEGROS desdobram em astral chegando até mesmo colocar o corpo físico em estado de jinas; são os chamados jinas negros, pois bem sabemos que existem os Jinas brancos e os Jinas Negros. No entanto, estes seres da mão esquerda ( os Jinas Negros ), que desdobram em astral, não acessam a PARTE SUPERIOR ASTRAL, onde se encontram os Mestres da Loja Branca e seus respectivos templos. Esses seres esquerdos permanecem na parte astral lunar, para enganar RAIMUNDO E TODO MUNDO.

Utilizar o Peyote não signfica acessar os mundos superiores, o comum é acessar a parte inferior, devido a falta de desintegração dos eus. Não devemos nos deixar enganar por aqueles que estão fazendo do Yagé ou do Peiote uma religião ou uma forma de se chegar ao conhecimento, porque ao CONHECIMENTO SUPERIOR OBJETIVO se chega é com a CONSCIÊNCIA para quem esteja despertando a CONSCIÊNCIA OBJETIVA do SER, através da morte do ego.

Astecas da América Central e Incas da América do Sul utilizavam o Peyote e o Yagé, respectivamente, como forma de mostrar que existe a dimensão astral; como forma de mostrar que o fenômeno da viajem astral existe; como forma auxiliar de aprender a desdobrar-se em astral; mas, não como religião e meio único de desdobrar-se, pois que temos que ser LIVRES e INDEPENDENTES, e utilizar a CONSCIÊNCIA para desdobrar em astral e não VEGETAIS, que em seu contínuo uso, vai desenvolver é a preguiça, mãe de todos os vícios.

Na GNOSE de Samael, o estudante começa praticando o desdobramento com os MANTRAS ( e não com Yagé/Ayahuasca ), com o tempo de prática não vai mais precisar nem de mantras e com a criação do corpo astral solar, o desdobramento torna-se algo fácil e muito natural, como quando se vai andar ou respirar... Assim têm dito e explicado os mestres gnósticos ( os verdadeiros ).

É momento de esclarecer que aqueles que utilizam ayahuasca para desdobrar-se em astral são PRINCIPIANTES e não têm nenhuma relação com a maestria, pois os Mestres não utilizam Peyote e nem Ayahuasca para desdobrarem-se em astral; para chegar ao êxtase e ao extra-sensorial. É preciso ficar muito claro e bem entendido que as pessoas que utilizam da Ayahuasca para obterem suas experiências NÃO SÃO MESTRES, porque os Mestres não utilizam de ayahuasca para desdobrar. Mestres são aqueles que estão eliminado o ego, que estão levantando a serpente sobre a vara, que estão criando seus corpos solares e que possuem a consciência superior objetiva do SER.

No Brasil é muito comum ver-se instituições e grupos cujo coração e mola propulsora das experiências astrais é o AYAHUASCA. Adverte-se aos estudantes gnósticos que, assim como o mediunismo está metido em temas extraterrestres, assim também está metido no culto de utilização da Ayahuasca.
 


VOLTAR A SER MENINO


No livro “Mistério do Áureo Florescer”, no capítulo 17, referente ao capítulo “O DESDOBRAMENTO”, o V.M. Samael escreve que se encontrou com o Mestre Eliphas Levi a quem lhe pede uma chave para que a humanidade possa sair em astral, ao que o Mestre Eliphas Levi se converte num MENINO de colo com o fim de dizer-lhe que, para entrar em astral (superior), é preciso tornar-se CRIANÇA.
Mas, para voltar a ser CRIANÇA é necessário a desintegração do ego e é por isto que disse o Cristo Jesus, que para poder ver o REINO DOS CÉUS é necessário voltar a ser como MENINOS. O Reino dos Céus fica no astral superior e demais dimensões superiores.

Não é o Peyote e nem o Yagé/Ayahuasca que vão nos fazer ser meninos ou crianças e sim a prática da eliminação do ego. O verdadeiro desenvolvimento interior se encontra fundamentalmente na morte do ego e não fundamentalmente em experiências astrais. De nada adianta estar-se tendo experiências astrais se não estamos centrados na dissolução do ego. De nada serve ter clarividência se não está morrendo sobre si mesmo.  Denada adianta ficar fazendo mantralizações, se não está dissolvendo eus. De nada adianta ganhar cargos e títulos esotéricos se não está desintegrando o ego. Tudo se inverte sem a desintegração do ego...

Veja que se estas plantas tivessem tanta importância como as dão, chegando-se mesmo a fazer delas religião, Eliphas Levi teria entregue estas plantas como CHAVE para se desdobrar em astral. No entanto, Eliphas Levi deixou como CHAVE a necessidade de se voltar a ser MENINO.

O Mestre Samael quando desdobrava em astral já possuía boa porcentagem de consciência objetiva, daí ele com freqüência penetrar nos mundos superiores de onde extraía o conhecimento superior; a DIVINA GNOSIS.

Fica entendido que o Mestre Samael refere-se as plantas Peyote e Yagé como plantas que produzem o desdobramento astral momentâneo e que não tem nada a ver com alucinações, pois que o desdobramento é um fenômeno natural. No entanto, o Mestre Samael NÃO RECOMENDA o seu uso.

Já os cogumelos da Huautla de Jiménez, Oaxaca, são alucinógenos. Os Xamãs utilizam no enfermo como medicina, em determinadas situações, para descobrir a causa da enfermidade de algum indivíduo. No entanto, há que se diferenciar XAMÃS de MAGOS. Um MAGO BRANCO nunca é um XAMÃ
. Não quero dizer com isto que todo Xamã seja mago negro. Não é isto! Apenas estamos dizendo que o Xamã que utiliza Peyote, Yagé ou Ayahuasca , NÃO É MESTRE, porque o VERDADEIRO MESTRE não precisa usar Ayahuasca para desdobrar em astral, pois tem seus CORPOS SOLARES para isso. Todavia quando citamos os Xamãs, estamos nos referindo aos Xamãs autênticos e não ao Xamanismo mediúnico etc. etc. Escreveu o Mestre Samael:
 

"O que o comum das pessoas conhece, atualmente, acerca do xamanismo é muito pouco e ainda este pouco foi adulterado, da mesma forma que o resto das religiões não cristãs". ( V.M. Samael Aun Weor ) 

A propósito sobre mediunidade, leia mais em:
No verdadeiro gnosticismo NÃO EXISTE canalização ou mediunismo.
http://gnosesamaelgnosisgnosticos.blogspot.com.br/2009/12/aleister-crowley-e-o-livro-da-lei.html

Os Magos Brancos são MESTRES que utilizam seus poderes cognitivos despertos pela SERPENTE KUNDALINI, então só com a imposição das mãos se cura a enfermidade entre outros procedimentos, conforme nos explica o V.M. Samael Aun Weor.

É verdade que o Mestre Samael diz que o Peyote e Yagé produzem o desdobramento astral naquele que sabiamente sabe tomar. Mas, também é verdade que tais plantas devem ser corretamente preparadas para serem tomadas e poder-se ter uma experiência astral; com a finalidade de se ter uma comprovação de que o ser humano não é somente CÉREBRO como afirmam os cientistas materialistas.

Além do mais, tais plantas devem ser tomadas quando se está concentrado no ÍNTIMO, no SER INTERNO, pois que é o SER que nos leva para o astral superior, do contrário se fica no astral inferior, onde a consciência ainda é subjetiva.

Não se pode negar que o Peyote e Yagé produzem o desdobramento astral, mas também não se pode deixar de dizer que tais plantas em seu uso incorreto e indevido podem causar muitas frustrações.
O estudante gnóstico, autêntico, não utiliza das plantas Peyote e Yagé ( ou Ayahuasca ) para a prática de desdobramento astral.

A respeito do Peyote( ou Peyotl ), diz também o Mestre Samael:

“No México os astecas usavam os botões do peyote para sair em astral. Dito cacto abunda muito em Chihuahua; desgraçadamente, o peyote que se conhece no Vale do México não serve para isto. Quem quiser conseguir o peiote tem que procurar entre os índios Taumaras, na serra de Chihuahua. Ademais, deve aprender a tomá-lo. Esses índios são OS ÚNICOS que podem ensinar a tomar esse cacto. Muita gente perdeu o seu tempo procurando o peiote no Vale do México; outras pessoas que conseguiram o cacto no norte do México não há logrado nada porque não a sabem usar. Este é o problema difícil do peiote".

Melhor do que usar Peyote e Ayahuasca é utilizar o mantra FA-RA-ON diariamente e praticar a morte em marcha, de momento a momento, para desdobrar em astral, de forma positiva.

Vale lembrar que o Peyote era usado pelos povos astecas e com a chegada dos espanhóis, a planta foi proibida pela INQUISIÇÃO por ser considerada “obra do demônio”, chegando-se a perseguir quem usava a “demoníaca” planta.

Ressaltamos, mais uma vez, que até MAGOS NEGROS desdobram em astral chegando até mesmo colocar o corpo físico em estado de Jinas. No astral( inferior ) esses magos negros se disfarçam de Mestres e até tomam forma de MESTRES VERDADEIROS, dissimulando, por exemplo, ser Mestre Samael, Rabolú, Huiracocha, etc. para poder enganar o discípulo que está consciente em astral. Pessoas MAIS INTUITIVAS percebem a falsidade e ilegitimidade destas entidades que fingem ser mestres. Todo aquele que recorre ao PAI, ao CRISTO ou a MÃE DIVINA consegue disvenciliar-se de quaisquer situações enganadoras. O problema é que não lembramos e nem recorremos ao SER, quando nestas circunstâncias.

Estar consciente em astral, não significa estar no astral superior. Para chegar a SEÇÃO SUPERIOR ASTRAL é preciso estar eliminando o ego; é preciso estar conectado com o SER; é preciso estar despertando a CONSCIÊNCIA OBJETIVA; para isto é a MORTE EM MARCHA ( morte dos defeitos psicológicos ). Com a morte em marcha ou morrer de momento a momento, que é a mesma coisa, vai despertando a CONSCIÊNCIA OBJETIVA para poder penetrar na seção superior astral. É preciso entender que existe diferença entre consciência objetiva e consciência subjetiva. A consciência objetiva nos conduz a parte superior astral; a consciência subjetiva é estar consciente no astral lunar, sem, contudo, ter acesso ao plano astral superior, onde reside o verdadeiro e real conhecimento.

O V.M. Samael não recomenda o uso das plantas Peyote e Yagé para se conseguir experiências astrais. ISTO É TEXTUAL! O que o Mestre Samael recomenda é trabalho contínuo com a eliminação do ego e prática de desdobramento astral através de MANTRAS, como é o caso do mantra FA-RA-ON.

Sentimos muito em discordar dos adeptos do ayahuasca, mas nós aqui temos como prioridade o Mestre Samael e não grupos e entidades institucionais.
.