.
“Os fariseus e os escribas tomaram as CHAVES DA GNOSIS. Eles não entraram e nem deixaram entrar aqueles que queriam entrar. Vós, no entanto, sede sábios como a serpente e manso como as pombas”
( JESUS CRISTO – Evangelho de São Tomé )

"Seguramente, cada um que receba um Mistério do Reino da Luz, irá e herdará até à região na qual recebeu Mistérios. Porém, não conhecerá ... a Gnose do universo e porque é que tudo isto surgiu a menos que conheça a UNA e Única Palavra do Inefável que é a Gnose do Universo. ..... E de novo vos digo abertamente: EU SOU A GNOSE DO UNIVERSO"
.
(Jesus Cristo em Pistis Sophia, o livro sagrado do cristianismo gnóstico primitivo)

.

Em Defesa da Divina Gnosis do Cristo.

Em Defesa da Divina Gnosis do Cristo.
JESUS CRISTO, Grande Mestre Gnóstico e Chefe da Loja Branca.
.
.

A Divina Mãe na Arte do Mundo.


A Divina Gnosis do grande mestre cristão gnóstico Samael Aun Weor ensina que cada alma humana possui sua Mãe Divina particular e individual ( Deus como Mãe ). Todo cristão gnóstico a venera com todas as forças de sua alma, porque ELA é um desdobramento de DEUS-PAI. 

Na prática de viagem astral solar podemos conversar com ELA e é esta uma experiência astral única, superior, extraordinária e jamais esquecida. No cristianismo gnóstico primitivo, ELA foi representada por Maria , a mãe de Jesus Cristo, e por isso ELA ser conhecida como A NOSSA SENHORA, a MADONA com o Cristo-Menino em seus braços. Os artistas do mundo a retrataram em suas obras de arte, principalmente o genial Leonardo da Vinci quando a retratou naquela famosa e enigmática obra conhecida pelo nome de MONALISA e que o grande mestre gnóstico Samael Aun Weor revelou-nos em se tratar da Mãe Divina particular e individual de Leonardo da Vinci, decifrando o grande mistério desta famosa obra de arte.


A Divina Mãe particular e individual retratada pelo genial Leonardo da Vinci, cuja obra ficou posteriormente conhecida como Monalisa.


Leonardo da Vinci foi um iniciado ( não caído ) e sua genialidade se deve ao fato de ter mais CONSCIÊNCIA DESPERTA. Quando Leonardo da Vinci esboçava em seus desenhos anatômicos estudos sobre o feto intra-uterino, o coração, os ossos, órgãos, músculos etc. não era porque ele ia no cemitério abrir corpos de defuntos como afirmam os intelectuais e sim porque era CLARIVIDENTE.
E a sua clarividência lhe permitiu também retratar a sua MÃE DIVINA particular e individual ficando depois conhecida com o nome de MONALISA e que não tem nada a ver com a senhora Lisa del Giocondo, mulher de um comerciante florentino chamado Francesco del Giocondo.

Outros mais "científicos" ( cientistas de laboratório ) dizem o absurdo de que MONALISA seria __ um auto retrato de Leonardo, porém, vestido de mulher__, devido o rosto de MONALISA ter características faciais semelhantes ao de da Vinci. Tal evidencia somente vem corroborar com à afirmação gnóstica do V.M. Samael Aun Weor de que MONALISA é mesmo a Divina Mãe interior de Leonardo da Vinci, por isso haver semelhança fisionômica entre mãe e filho.

Por ser um iniciado e clarividente, Leonardo da Vinci fez a obra A ÚLTIMA CEIA, onde aparece Maria Madalena ao lado de seu esposo, o muito Venerável Mestre Jesus, e seus onze apóstolos, sem a presença, é claro, do apóstolo Judas que já havia abandonado a CEIA para cumprir a sua difícil missão que era o de entregar Jesus Cristo aos decadentes membros do Sinédrio e assim poder-se dar forma ao drama iniciático descrito vividamente pelo Cristo JESUS e seus apóstolos. Um ensinamento histórico e vivo de iniciados para iniciados.

A arte, a música, a dança, os dramas iniciáticos etc., constituem formas de transmitir conhecimentos transcendentais, desde a antiguidade. 

"...O drama serviu para a transmissão de valiosos conhecimentos aos Iniciados. Por meio do drama, transmitia-se aos Iniciados diversas formas de experiência do Ser e de manifestações do Ser. Entre os dramas, o mais antigo é o do Cristo Cósmico. Os Iniciados sabiam muito bem que cada um de nós deve se converter no Cristo de dito drama, se é que realmente aspira o reino do super-homem". ( V.M. Samael Aun Weor ) 

"As danças sagradas eram verdadeiros livros de informação e que transmitiam deliberadamente certos conhecimentos cósmicos transcendentais"( V.M. Samael Aun Weor ) 

"Se pudéssemos inventar uma máquina que imitasse com plena exatidão todos os movimentos dos sete planetas do nosso sistema solar ao redor de seu sol, descobriríamos com assombro o segredo dos dervixes dançantes. Realmente, os dervixes dançantes imitavam perfeitamente todos os movimentos dos planeta ao redor do sol".( V.M. Samael Aun Weor ) 

"A dança sagrada e o drama cósmico sabiamente combinados com a música serviram para transmitir aos neófitos tremendos conhecimentos arcaicos de tipo cosmogenético, psicobiológico, fisioquímico, metafísico, etc.".( V.M. Samael Aun Weor ) 

Revela o grande mestre cristão gnóstico SAMAEL AUN WEOR que na paisagem por de trás da figura MONALISA existem dois caminhos para se retornar ao ABSOLUTO: o CAMINHO DIRETO, que é o caminho da CRISTIFICAÇÃO TOTAL ( caminho mais rápido , mas com mais obstáculos ) e o CAMINHO ESPIRAL caracterizado pelas curvas, que é o caminho mais fácil e mais demorado para se chegar ao ABSOLUTO, porém chega-se sem tantos triunfos.

Observe bem o quão valorosa e transcendental é esta obra de arte do célebre pintor renascentista Leonardo da Vinci.



'A Virgem, o Menino e Santa Ana' - Leonardo da Vinci.


O ROSTO DA VIRGEM - Leonardo da Vinci.

Nossa Divina Mãe Particular e Individual ( Deus com o mãe ) é quem tem poder de desintegrar os defeitos psicológicos de nosso interior. ENTENDA QUE O PODER ESTÁ EM DEUS e não na mente. Vejamos o que escreveu o V.M. Samael Aun Weor: 

"""Orar é conversar com Deus. Nós devemos apelar a Deus-Mãe em nossa intimidade, se é que, na verdade, queremos desintegrar eus. Quem não ama a sua Mãe, o filho ingrato, fracassará no trabalho sobre si mesmo. Cada um de nós tem sua Mãe Divina particular, individual; ELA, em si mesma, é uma parte de nosso próprio SER, porém derivado. Todos os povos antigos adoraram a Deus-Mãe no mais profundo de nosso Ser.
O princípio feminino do Eterno é ISIS, MARIA, TONANTIZIN, CIBELES, REA, ADÔNIA, INSOBERTA, etc. etc, etc. Se no meramente físico temos pai e mãe, no mais fundo de nosso Ser temos, também, o nosso Pai que está em secreto e a nossa Divina Mãe Kundalini. Existem tantos Pais no CÉU quantos homens na Terra. Deus-Mãe, em nossa própria intimidade, é o aspecto feminino de nosso Pai que está em secreto. ELE e ELA são, certamente, as duas partes superiores de nosso Ser Íntimo. Indubitavelmente, ELE e ELA são nosso próprio REAL SER, muito além do eu da psicologia. ELE se desdobra NELA e manda, dirige, instrui. ELA elimina os elementos indesejáveis que em nosso interior levamos, sob a condição de um trabalho contínuo sobre nós mesmos.
Quando tivermos morrido radicalmente, quando todos os elementos indesejáveis tiverem sido eliminados, depois de muitos trabalhos conscientes e padecimentos voluntários, fusionar-nos-emos e nos integraremos com o PAI-MÃE. Então seremos DEUSES TERRIVELMENTE DIVINOS, muito além do bem e do mal. Nossa Mãe Divina particular, individual, mediante seus poderes flamígeros, pode reduzir a poeira cósmica qualquer desses tantos eus que tenha sido previamente observado e julgado.
De modo algum seria necessário uma fórmula específica para rezar à nossa Mãe Divina interior. Devemos ser muito naturais e simples ao nos dirigir a ELA. A criança que se dirige à sua mãe nunca tem fórmulas especiais; diz o que sai do seu coração e isso é tudo. Nenhum eu se dissolve instantaneamente, Nossa Divina Mãe deve trabalhar a até sofrer muitíssimo antes de conseguir a aniquilação de qualquer eu. Tornai-vos introvertidos, dirigi vossa súplica para dentro, buscando dentro do vosso interior a vossa Divina Senhora e com súplicas sinceras podeis falar-lhe. Rogai-lhe para que desintegre aquele eu que haveis previamente observado e julgado.
O sentido da auto-observação íntima, conforme se vai desenvolvendo, permitirá verificar o avanço progressivo de nosso trabalho. Compreensão, discernimento, são fundamentais; todavia, necessita-se de ALGO MAIS, se é que, na realidade, queremos desintegrar o mim mesmo. A mente pode dar-se o luxo de rotular qualquer defeito, passá-lo de um departamento à outro, exibi-lo, escondê-los, etc., mas nunca poderia alterá-lo fundamentalmente. Necessita-se de um poder essencial superior à mente, de um poder flamígero capaz de reduzir a cinzas qualquer defeito.
 Stella Maris, nossa Divina Mãe, tem esse poder, pode pulverizar qualquer defeito psicológico. Nossa Mãe Divina vive em nossa intimidade, mais além do corpo, dos afetos e da mente. ELA é, por si mesma, um poder ígneo superior à mente. Nossa Mãe Divina Cósmica particular, individual, possui Sabedoria, Amor e Poder. NELA existe absoluta perfeição""". ( V.M. Samael Aun Weor )



A VIRGEM DAS ROCHAS - Leonardo da Vinci.


A Mãe Divina tem uma missão dentro de nós mesmos que é desintegrar defeitos psicológicos e que são milhares em seus detalhes. Se os defeitos não são desintegrados, a consciência não se libera; não desperta. Quando o defeito é descoberto pela auto-observação psicológica, deve-se recorrer a Divina Mãe interior e pedir para que desintegre o defeito auto-observado. 

Então, fizeram a seginte pergunta ao V.M. Rabolú:

PERGUNTA – Isso também se pode fazer igual com os pensamentos? 
V.M. RABOLÚ – É que com tudo, é que com tudo. Aí se aplica a morte em marcha. Aflorou um detalhe desses: “Mãe minha, desintegra-me este defeito!” Em seguida, em seguida, não esperar para amanhã ou depois, senão, em seguida, instantaneamente, porque a Mãe Divina, com seu poder, como estes são detalhes, não são tão fortes, desintegra-os com facilidade. 

Saiba mais em: 
'Sobre a Prática da Morte em Marcha do V.M. Rabolú; Tirando dúvidas sobre a eliminação dos defeitos psicológicos' 


A Virgem Maria


Escreveu o Mestre Rabolú em seu livro Hercólubus ou Planeta Vermelho: 

"Na quinta dimensão, movemo-nos investigamos, conhecemos o que são os ANJOS, a VIRGEM, e todas as HIERARQUIAS que se movem, falam e ensinam uma sabedoria que não está escrita nos livros, está fora da mente humana".( V.M. Rabolú falando sobre o desdobramento astral; do livro Hercólubus ou Planeta Vermelho ) 

Saiba mais em:
"DESDOBRAMENTO ASTRAL. 
O que é? Como fazer? As Técnicas Corretas".




A Virgem e o Menino também na cultura hindu


"Todos os povos antigos adoraram a Deus-Mãe no mais profundo de nosso SER. O princípio feminino do ETERNO é ISIS, MARIA, TONANTZIN, CIBELES, RHÉA, ADÔNIA, INSOBERTA etc., etc,. etc. ( V.M. Samael Aun Weor ) . 


A Divina Mãe no hinduísmo


"Qualquer um fica assombrado quando faz um estudo comparativo das religiões. Todos os sagrados personagens religiosos que personificam o Cristo nascem no dia 24 de dezembro às 12 horas da noite. Todos esses sagrados personagens são filhos de imaculadas concepções. Todos eles nascem por obra e graça do Espírito Santo. Todos eles nascem de Virgens, imaculadas antes do parto, no parto e depois do parto. A pobre e desconhecida mulher hebréia Maria, mãe do Adorável Salvador Jesus Cristo, recebeu os mesmos atributos e poderes cósmicos da deusa Ísis, de Juno, Deméter, Ceres, Vesta, Maia, lnsoberta, Réia, Cibeles, Tonantzin, etc. Todas essas deidades femininas representam sempre a Mãe Divina, o Eterno Feminino Cósmico. O Cristo é sempre filho da Mãe Divina e a ela rende culto todas as santas religiões". ( V.M. Samael Aun Weor ) .

"Entre os chineses o Cristo é Fu-Hi. O Cristo chinês também nasce milagrosamente por obra e graça do Espírito Santo. Passeando a virgem chamada Hua-Tsé pelas margens do rio, pôs seu pé sobre a pegada do Grande Homem. Imediatamente se comoveu, vendo-se rodeada por um esplendor maravilhoso e suas entranhas conceberam. Transcorridos doze anos, no quarto dia da décima lua, à meia-noite, nasceu Fu-Hi, assim chamado em memória ao rio a cujas margens foi concebido. No antigo México, Cristo é Quetzalcoatl, o qual foi o Messias e o transformador dos Toltecas. Estando um dia Chimamatl só com suas duas irmãs, apareceu-lhes um enviado do céu. As irmãs ao vê-lo, morrem de espanto. Ela, ao ouvir da boca do anjo que conceberia um filho, concebeu naquele instante, sem obra de varão, a Quetzalcoatl, o Cristo mexicano. Entre os japoneses, o Cristo é Amida que intercede diante da deusa suprema Ten Sic Dai Tain rogando por todos os pecadores. Amida, o Cristo japonês da religião xintoísta, é quem tem os poderes para abrir as portas do Gokurat, o paraíso. Os Eddas germânicos citam a Khristos, o Deus de sua teogonia, semelhante a Jesus, porquanto também nasceu no dia 24 de dezembro à meia-noite, da mesma forma que Odin, Wotan e Beleno. Quando alguém estuda o evangelho de Krishna, o Cristo hindu, fica assombrado ao descobrir o mesmo evangelho de Jesus. No entanto, Krishna nasceu muitos séculos antes de Jesus. Devaki, a virgem hindu, concebeu a Krishna por obra e graça do Espírito Santo. O menino-deus Krishna foi transportado ao estábulo de Nanden e os deuses e os anjos vieram adorá-lo. A vida, paixão e morte de Krishna é similar a de Jesus. ( V.M. Samael Aun Weor ) .


Isis e o Menino Hórus na cultura egípcia


"O estudo comparativo das religiões leva-nos a compreender que todas as religiões conservam os valores eternos, que nenhuma religião é falsa e que todas são verdadeiras. Todas as religiões falam da alma, do céu, do inferno, etc. Os princípios são sempre os mesmos". 
( V.M. Samael Aun Weor ) 

"Se no meramente físico temos pai e mãe, no mais fundo de nosso SER temos, também o nosso PAI que está em secreto e a nossa Divina Mãe Kundalini. Existem tantos Pais no Céu quantos homens na Terra. Deus-Mãe, em nossa própria intimidade, é o aspecto feminino de nosso Pai que está em secreto. ELE e ELA são, certamente, as duas partes superiores de nosso Ser Íntimo. Indubitavelmente, ELE e ELA são nosso próprio Real Ser, muito além do eu da psicologia. Ele se desdobra NELA e manda, dirige, instrui, ELA elimina os elementos indesejáveis que em nosso interior levamos, sob a condição de um trabalho contínuo sobre nós mesmos. Quando tivermos morrido radicalmente, quando todos os elementos indesejáveis tiverem sido eliminados, depois de muitos trabalhos conscientes e padecimentos voluntários, fusionar-nos-emos e nos integraremos com o PAI-MÃE. Então seremos deuses terrivelmente divinos, muito além do bem e do mal". ( V.M. Samael Aun Weor ) 

"De modo algum seria necessário uma fórmula específica para rezar à nossa Mãe Divina interior. Devemos ser muito naturais e simples ao nos dirigir a ELA. A criança que se dirige à sua mãe nunca tem fórmulas especiais: diz o que sai do seu coração e isso é tudo". ( V.M. Samael Aun Weor )



A Virgem e o Menino - Willian Boughereau


"Nenhum eu se dissolve instantaneamente. Nossa Divina Mãe deve trabalhar e até sofrer muitíssimo antes de conseguir a aniquilação de qualquer eu. ( V.M. Samael Aun Weor ) 

Mais sobre o tema eliminação doe go em:



Stella Maris dos Alquimistas Medievais

Stella Maris e o MENINO DE OURO dos alquimista em seus braços, viva representação da Virgem e o Cristo.


 """ A mente pode dar-se ao luxo de rotular qualquer defeito, passá-lo de um departamento a outro, exibí-lo , escondê-lo etc., mas nunca poderia alterá-lo fundamentalmente. Necessita-se de um poder especial superior à mente, de um poder flamígero capaz de reduzir a cinzas qualquer defeito. Stella Maris, nossa Divina Mãe, tem esse poder, pode pulverizar qualquer defeito psicológico.Nossa Mãe Divina vive em noss intimidade, mais além do corpo, dos afetos e da mente. Ela é, por si mesma, um poder ígneo superior à mente. Nossa Mãe Cósmica particular, individual, possui SABEDORIA, AMOR e PODER. Nela existe absoluta perfeição""". ( V.M. Samael Aun Weor ).

 """De nada serviria apartar-nos do mundo e nos encerrar num convento ou viver em alguma caverna; os eus, dentro de nós, continuariam existindo. Alguns anacoretas cavernários, à base de rigorosas disciplinas, chegaram ao êxtase dos santos e foram levados aos céus, onde viram e ouviram coisas que aos seres humanos não lhes é dado compreender; todavia, os eus continuaram existindo em seu interior. Inquestionavelmente, a Essência pode escapar do eu à base de rigorosas disciplinas e gozar do êxtase; entretanto, depois da dita retorna ao interior do mim mesmo. Aqueles que se acostumaram ao êxtase, sem haver dissolvido o ego, crêem que já alcançaram a liberação, auto-enganam-se, crendo-se mestres e até ingressam na involução submersa. Jamais nos pronunciaríamos contra o arrebatamento místico, contra o êxtase e a felicidade da alma na ausência do ego. Só queremos pôr ênfase na necessidade de dissolver os eus para lograr a liberação final. A Essência de qualquer anacoreta disciplinado, acostumado a escapar do eu, repete tal façanha depois da morte do corpo físico; goza por um tempo do êxtase e logo retorna, como o gênio da lâmpada de Aladim, ao interior da garrafa, ao ego, ao mim mesmo. Então não lhe resta mais remédio que retornar a um novo corpo físico, com o propósito de repetir sua vida sobre o tapete da existência. Muitos místicos que desencarnaram nas cavernas dos Himalaias, na Ásia Central, agora são pessoas vulgares, comuns e correntes neste mundo, apesar de que seus seguidores ainda os adorem e venerem. Qualquer intento de liberação , por grandioso que este seja, se não tiver em conta a necessidade de dissolver o ego, está condenado ao fracasso""". ( V.M. Samael Aun Weor )



A DEUSA CIBELES da cultura romana.


"Mediante la Divina Madre Kundalini, podemos nosotros pulverizar cualquier defecto. Kundalini es Tonantzin, Kundalini es Isis, Kundalini es Ram-Io; Kundalini es también Diana Cazadora y es también Adonía y es Insoberta y es Rhéa y es Cibeles y es María: una parte de nuestro propio Ser, pero derivado". ( V.M. Samael Aun Weor )




Na cultura grega a Mãe Divina é conhecida como CASTA DIANA.


"La Inmanifestada Prakriti no tiene simbolismo entre los Aztecas. La MANIFESTADA PRAKRITI tiene el simbolismo Azteca de TONANTZÍN, la MADRE ADORABLE. Los griegos simbolizaron a este segundo aspecto de la MADRE CÓSMICA por la CASTA DIANA". ( V.M. Samael Aun Weor ). 

"""O antigo Testamento da Sabedoria diz: __Antes que a falsa aurora amanhecesse sobre a terra, aqueles que sobreviveram ao furacão e à tormenta louvaram o Íntimo e a eles apareceram os arautos da Nova Era__. Na profunda noite de todas as idades, lá no país ensolarado de Kem, quando se estudava a runa IS no sigilo dos templos egípcios, pensava−se sempre na bipolaridade HOMEM−MULHER, masculino−feminino, daí resultava ISIS, o sagrado nome da eterna Mãe Espaço. Muito se falou em ocultismo sobre a Prakriti, o espaço como entidade feminina maternal, mas nada sabem os pseudo−esoteristas com relação a esse ponto matemático, no qual se gera sempre o Rei−Sol, o menino de ouro da alquimia sexual. Não resta dúvida alguma que nesse misterioso ponto reside a própria raiz de nossa Mônada sagrada. O ponto em si mesmo é a nossa particular Mãe Divina, adorável e eterna, sem princípio nem fim. Em nossa Mãe Divina Kundalini acham−se contidos todos os sagrados poderes da Mônada (Atman, Budhi e Manas). Para aqueles que não sejam muito versados em teosofia, diremos que na Mãe Divina particular de cada um encontram−se os poderes de nosso próprio Espírito. Os pseudo−esoteristas e pseudo−ocultistas muito têm dito sobre a Trindade Imortal ou Espírito Trino de cada ser vivo, porém nada dizem sobre os desdobramentos da Prakriti, a Mãe Divina. Ela, a Imanifestada, não tem simbolismos entre os gregos, porém, em seu segundo aspecto de manifestação na natureza é a CASTA DIANA tão bendita e adorada."""( V.M. Samael Aun Weor )



A VIRGEM DOS LÍRIOS - William Boughereau.


"Se estudarmos as religiões, se fizermos um estudo comparativo das religiões, em todas elas encontraremos o culto ao Cristo. A única coisa que varia são os nomes dados ao Cristo. O Divino Rabi da Galiléia tem os mesmos atributos de Zeus, Apolo, Krishna, Quetzalcoatl, Lao-Tsé, Fu- Hi, o Cristo chinês, Buda, etc. Qualquer um fica assombrado quando faz um estudo comparativo das religiões. Todos os sagrados personagens religiosos que personificam o Cristo nascem no dia 24 de dezembro às 12 horas da noite. Todos esses sagrados personagens são filhos de imaculadas concepções. Todos eles nascem por obra e graça do Espírito Santo. Todos eles nascem de Virgens, imaculadas antes do parto, no parto e depois do parto. A pobre e desconhecida mulher hebréia Maria, mãe do Adorável Salvador Jesus Cristo, recebeu os mesmos atributos e poderes cósmicos da deusa Ísis, Juno, Deméter, Ceres, Vesta, Maia, lnsoberta, Réia, Cibeles, Tonantzin, etc. Todas essas deidades femininas representam sempre a Mãe Divina, o Eterno Feminino Cósmico. O Cristo é sempre filho da Mãe Divina e a ela rendem culto todas as santas religiões.". ( V.M. Samael Aun Weor ) .




O advento do NATAL é o nascimento do Cristo Íntimo em todo INICIADO, através do poder da VIRGEM MÃE, a NOSSA DIVINA SENHORA. 

"Entre os Astecas, ela é Tonantzin; entre os Gregos, a Casta Diana; e, no Egito, é Ísis, a Mãe Divina a quem nenhum mortal levantou o véu. Não há dúvida alguma de que o cristianismo esotérico jamais deixou de adorar a Divina Mãe Kundalini; obviamente é Marah, ou melhor diríamos, RAM-IO, Maria. O que não especificaram as religiões ortodoxas, pelo menos no que corresponde ao círculo exotérico, ou público, é o aspecto de ÍSIS em sua forma individual humana. Ostensivelmente, só em secreto se ensinou aos Iniciados que essa Divina Mãe existe individualmente dentro de cada ser humano. Não é demais esclarecer, de forma enfática, que Deus-Mãe, RÉIA, Cibeles, Adônia, ou como queiramos chamá-la, é uma variante de nosso próprio Ser individual aqui e agora. Concretizando, diremos que cada um de nós tem sua própria Mãe Divina particular, individual. Há tantas Mães no céu, quanto criaturas existentes sobre a face da Terra". ( V.M. Samael Aun Weor )





"A Divina Mãe leva o menino em seus braços amorosos. O Cristo Interno de cada homem é esse Menino. A Mãe é Aquilo... Aquilo... Aquilo... Ísis... Amor... Mistério..." ( V.M. Samael Aun Weor )






ORAÇÃO À MÃE DIVINA. _ ( a oração na versão correta ) _ 

"___Ó Isis, Mãe do cosmos, raiz do amor, tronco, botão, folha, flor e semente de tudo quanto existe. A ti, FORÇA NATURALIZANTE, te invocamos. Chamamos a RAINHA DO ESPAÇO E DA NOITE. E, beijando teus olhos amorosos, bebendo o orvalho de teus lábios, respirando o doce aroma do teu corpo, exclamamos: Ó NUT! Tu, que És a ETERNA SEIDADE DO CÉU, que És a ALMA PRIMORDIAL, que És o que sempre foi e o que será. Ísis, a quem nenhum mortal levantou o véu; quando estejas sob as estrelas irradiantes do noturno e profundo céu do deserto, com pureza de coração e na chama da serpente te chamamos__ ". Orai e meditai intensamente. A Divina Mãe ensina os seus filhos. Esta oração deve fazer combinando a MEDITAÇÃO com o SONO; então, como numa visão em sonhos, surge a iluminação; chega a Mãe Divina até o devoto para instruí-lo nos grandes mistérios"'. ( V.M. Samael Aun Weor ) .


A Madona e o Menino


"A Divina Mãe Kundalini com o Menino de Ouro da alquimia sexual nos seus braços amorosos nos guia pela senda terrível do fio da navalha. Nossa Adorável Ísis, a quem nenhum mortal levantou o véu, pode perdoar todo nosso Karma passado, se realmente nos arrependemos de todos os nossos erros". ( V.M. Samael Aun Weor ) 

"A Mãe Divina perdoa seus filhos arrependidos verdadeiramente. Ela sabe perdoar seus filhos porque são seus filhos. Todo o Karma das más ações de passadas reencarnações podem ser perdoados pela Mãe Divina. Quando o arrependimento é absoluto, o castigo sai sobrando". ( V.M. Samael Aun Weor ) 

"De modo algum seria necessário uma fórmula específica para rezar à nossa Mãe Divina interior. Devemos ser muito naturais e simples ao nos dirigir a ELA. A criança que se dirige à sua mãe nunca tem fórmulas especiais: diz o que sai do seu coração e isso é tudo". ( V.M. Samael Aun Weor )




"Quem põe coração na súplica e roga a sua Mãe Divina Kundalini, que empunhe a armas de Eros, obterá o melhor dos resultados, porque ela então ajudará, destruindo o ego. Porém, digo-vos que este é um processo longo, paciente e muito delicado. É inquestionável que o caçador que quer caçar dez lebres ao mesmo tempo não caça nenhuma; assim, quem quer eliminar todos os defeitos psicológicos simultaneamente, não elimina nenhum. Dentro de cada um de nós existem milhares de defeitos e todos eles têm muitas raízes e facetas que se ocultam entre as distintas dobras subconscientes da mente" ( V.M. Samael Aun Weor ) .



A PIETÁ de Michelangelo Buonarroti.


"Fora do corpo físico, nossa Mãe Cósmica particular, pois cada um tem a sua, assume sempre a presença maravilhosa de uma MÃE VIRGEM. Certa vez, não importa o dia nem a hora, achando-me fora do corpo físico, encontrei-me com a minha MÃE SAGRADA no interior de um precioso recinto. Depois dos costumeiros abraços de filho e mãe, Ela se sentou num cômodo sofá, frente a mim, oportunidade que aproveitei para fazer perguntas necessárias"... ( V.M. Samael Aun Weor ) 

"Marah, Maria, Isis, a nossa Divina Mãe Cósmica Individual, é a esposa do Espírito Santo e a Filha do seu Filho. Marah é, pois, um desdobramento do nosso Divino Glorian Particular. Ísis, Maria, é o nosso próprio Ser, derivado. Ísis, Maria, é Deus-Mãe em nós, a Virgem do Mar. Ísis, Marah, é o desdobramento do Espírito Santo dentro de cada um de nós. Maria, Ísis, é a nossa Divina Mãe Kundalini. Marah, Isis, possui Sabedoria, Amor e Poder. Ísis, Marah, Tonantzin, ensina-nos, guia-nos e dirige-nos. A Virgem do Mar guia o Alquimista, é a Estrela que nos orienta no borrascoso oceano". ( V.M. Samel Aun Weor )


 A Pietá de Michelangelo Buonarroti - DETALHES





"As pessoas pensam que a natureza é algo inconsciente, porém se equivocam. Pobre gente! Quando entramos em nossos mundos internos, encontramos a Mãe de todos os vivos oficiando em seu templo. A imensa natureza não é senão o grandioso corpo da rainha do céu... A deusa Mãe do Mundo é um Guru−Deva de perfeições eternas... No templo da bendita Deusa Mãe do Mundo vemos dois altares e, no meio deles, o Leão da Lei. Essa Deusa do Fogo está personalizada pelas Virgens de todas as religiões: Ísis, Maya, Adonia, Astarté, Insoberta etc. Ela é a Mãe de todos vivos. Celebremos a festa da Virgem Mãe do Mundo, ó Arhat!" ( V.M. Samael Aun Weor )



A Mãe Cósmica Universal.


"Ao começar a aurora do novo dia cósmico, a eterna Mãe−Espaço se dilata, de dentro para fora, como o botão do lótus. O Universo gera−se no ventre de Prakriti". ( V.M. Samael Aun Weor ) .


A IMACULADA CONCEPÇÃO.


""É urgente compreender o que são, realmente, as imaculadas concepções. Elas existem em todos os cultos antigos. Fu-Hi, Quetzalcoatl, Buda e muitos outros são o resultado de imaculadas concepções. O Fogo Sagrado faz fecundas as águas da vida, para que nasça o Mestre entre nós. Todo anjo é, certamente, filho da Divina Mãe Kundalini. Ela é realmente virgem antes do parto e depois do parto. Em nome da verdade, solenemente asseveramos o seguinte: O esposo de Devi Kundalini ( nossa Mãe cósmica particular ) é o Terceiro Logos, o Espírito Santo, Shiva, o primogênito da criação, nossa Mônada íntima, individual ou melhor, diríamos, sobre-individual". ( V.M. Samael Aun Weor ) .



Shiva e Shakti na cultura hindú corresponde ao ESPÍRITO SANTO do cristianismo gnóstico do Cristo Jesus. 






Shiva é o Espírito Santo, é o Terceiro Logos de Platão, é Binah da Kabala hebraica etc. Deus Shiva desdobrado em Mãe é a Devi Kundalini Shakti, nossa Mãe Divina particular e individual. ELE é ELA e ELA é ELE.



A Deusa Shakti Lakhsmi do hinduismo.


"Ó Devi-Kundaliní! Tu és Lakhsmi, a esposa de Vishnu. Mãe adorável! Tu és a divina prometida de Shiva! Virgem venerável! Tu és a aquosa Sarasvati, a consorte de Brama. Ó querido leitor, escuta-me! Ela certamente é o eterno feminino representado pela Lua e pela água, a "Magna Mater" da qual provém o "M" mágico e o famoso hieróglifo de Aquário. Inquestionavelmente, ela é também a matriz universal do grande abismo, a Vênus primitiva, a grande mãe virgem que surge das ondas do mar com Cupido-Eros, que é seu filho. Fora de toda dúvida devemos afirmar, francamente e sem rodeios, que Ela é a Prakriti indostânica e, metafιsicamente, Aditi e até Mulaprakriti. Jamais poderíamos andar na rochosa senda que conduz até a liberação final sem o auxílio da Divina Mãe Kundalini". ( V.M. Samael Aun Weor )





'Goethe adorando a sua divina mãe Kundalini exclama cheio de êxtase: "__Virgem pura no mais belo sentido, mãe digna de veneração, rainha eleita por nós de condição igual aos Deuses..."' ( V.M. Samael Aun Weor )


_____________________________________________


Gnose Samael Gnosis Gnósticos

Gnósticos da Era de Aquário

 Em defesa do V.M. Samael Aun Weor



.