.
“Os fariseus e os escribas tomaram as CHAVES DA GNOSIS. Eles não entraram e nem deixaram entrar aqueles que queriam entrar. Vós, no entanto, sede sábios como a serpente e manso como as pombas”
( JESUS CRISTO – Evangelho de São Tomé )

"Seguramente, cada um que receba um Mistério do Reino da Luz, irá e herdará até à região na qual recebeu Mistérios. Porém, não conhecerá ... a Gnose do universo e porque é que tudo isto surgiu a menos que conheça a UNA e Única Palavra do Inefável que é a Gnose do Universo. ..... E de novo vos digo abertamente: EU SOU A GNOSE DO UNIVERSO"
.
(Jesus Cristo em Pistis Sophia, o livro sagrado do cristianismo gnóstico primitivo)

.

Em Defesa da Divina Gnosis do Cristo.

Em Defesa da Divina Gnosis do Cristo.
JESUS CRISTO, Grande Mestre Gnóstico e Chefe da Loja Branca.
.
.

Na Kabala, SAMAEL é o Anjo Regente de Marte ( nova edição )


Na Kabala Hebraica, Samael é o Anjo Regente de Marte



Os grandes iniciados sabem que na Kabala, Samael é identificado como o anjo regente do planeta Marte, o chefe do quinto céu e o Deus da batalha, só não querem saber disso os adeptos do satanismo / luciferianismo, que deram um jeito de mudar o nome de Samael na Kabala Hebraica.

A sutileza da enganação é tão grande por parte dos adeptos da Besta, que mudaram o nome Samael-Geburah da Kabala Sefirótica para Zamael, Shamael, Khamael, Kamael, Camael etc., para ainda dizerem a deslavada mentira que Samael pertenceria ao tenebroso Klifoth ( ou Qliphoth - antítese dos sephirotes  ), sinal claro e cristalino que os adeptos da Besta mentem mesmo e escrevem centenas de livros para isso: para distorcer o conhecimento esotérico e MENTIR BASTANTE, pois é a forma deles convencer os incautos, do contrário não conseguem desviar o buscador do conhecimento esotérico do DEUS.

Mas nós vamos acabar com toda esta patifaria  e farça, começando por citar o grande mago, cabalista e alquimista Abade Trithemo ( ou Trithemius ), que foi Mestre de Paracelso e Cornélio Agripa. O grande cabalista Abade Trithemius, em seu famoso livro "TRATADO DAS SETE CAUSAS SEGUNDAS", descreve SAMAEL como um dos SETE ANJOS GOVERNADORES, relacionado ao planeta MARTE.

Abade Trithemo
Escreveu Abade Trithemo:
"É notável que, cada vez que SAMAEL, Gênio de Marte, governa o mundo, uma mudança completa se efetua em qualquer grande monarquia, como nos reportam os filósofos antigos; as religiões e as castas são derrubadas: os grandes e os príncipes exilados, as leis mudadas, como podemos ver facilmente na história..."
( "Tratado da Sete Causas Segundas" - Abade Trithemo ) 

Leia mais em:

Assim como a esfera Geburah da kabala hebraica vem erradamente escrita como Gueburá, Gvurah, Gevurah, etc., Samael também vem erradamente escrito como Zamael, Shamael, Khamael, Kamael, Camael etc. e que está relacionado ao Sephirote Geburah da Árvore da Vida, esfera correspondente a MARTE ou Ma'adim( Madim ) , de onde surge a FORÇA que a tudo impulsiona, e ao LEÃO DA JUSTIÇA que sempre agarra e aprisiona o iníquo.



Geburah é a casa da FORÇA e da JUSTIÇA emanado por SAMAEL, ANJO REGENTE DE MARTE

















Sobre Geburah, o quinto Sefirote ( Sephiroth ) da kabalah, classifica Dion Fortune:

"GEBURAH, A QUINTA SEPHIRAH

TÍTULO: Geburah, Força, Severidade. (Em hebraico: Gimel, Beth, Vau, Resh, Hé.)
IMAGEM MÁGICA: Um poderoso guerreiro em seu carro.
POSIÇÃO NA ÁRVORE: No centro do pilar da Severidade.
TEXTO YETZIRÁTICO: O quinto sendeiro chama-se Inteligencia Radical, porque se assemelha à Unidade, unindo-se a Binah, o entendimento, que emana das profundidades primordiais de Chokmah, a sabedoria.
TITÚLOS CONFERIDOS A GEBURAH: Din, a justiça; Pachad (Pajad), o temor.
NOME DIVINO: Elogim Gebor ( Elohim Gibor ).
ARCANJO: Khamael ( o nome correto é Samael ).
COROA ANGÉLICO: Seraphim, as Serpentes de Fogo.
CHACRA CÓSMICO: Madim, Marte.
EXPERIÊNCIA ESPIRITUAL: Visão de poder.
VIRTUDE: Energia, coragem.
VÍCIO ( antítese ): Crueldade, destruição.
CORRESPONDÊNCIA NO MICROCÓSMO: O braço direito.
SÍMBOLOS: O pentágono. A Rosa Tudor de Cinco Pétalas. A espada. A lança. O açoite. A corrente".
 


Em seguida, acrescenta Dion Fortune:

"Um dos aspectos menos compreendidos da filosofia cristã é o problema do mal; e um dos assuntos menos abordados na ética cristã é o problema da força, ou severidade, em oposição à misericórdia e à doçura. Consequentemente, Geburah, a Quinta Sephirah, cujos títulos adicionais são Din (Justiça) a Pachad (Medo), é a Sephirah menos compreendida de todas as Esferas, sendo, portanto, uma das mais importantes. Se a doutrina cabalística não afirmasse explicitamente que todos os Dez Sephirotes são sagrados, muitos estariam inclinados a considerar Geburah como o aspecto maléfico da Árvore da Vida. E, de fato, o planeta Marte, cuja Esfera é o chakra cósmico de Geburah, é chamado na Astrologia ( profana ) de maléfico. Contudo, aqueles que foram instruídos além da rude ilusão de uma filosofia enganosa, sabem que Geburah de maneira alguma é o inimigo ou adversário descrito nas Escrituras, mas sim o rei em seu carro que marcha para a guerra, cujo poderoso braço direito protege o seu povo com a espada da legalidade e assegura que a justiça será feita". ( Dion Fourtune )


NOTA IMPORTANTE , Dion Fourtune não é uma mestra e sim uma estudiosa em Kalaba e um quanto ingênua, por também não saber que existiam satanistas infiltrados no círculo esotérico tal como Aleister Crowley e Cia. cumprindo a função da loja negra em distorcer e inverter os conhecimentos milenarios deixados pelos sábios e mestres da sabedoria universal. Nós estamos citando Dion Fourtune só para mostrar aos nossos leitores que, em termos de Kabala, Samael corresponde ao Sefirote Geburá da kabala hebraica. Sempre foi assim e sempre será; os satanistas é que estão mudando tudo e fabricando mentiras em seus milhares de livros pseudo-ocultistas para poderem continuar enganando a humanidade. Isso é muito antigo, razão pela qual os livros bíblicos foram adulterados e interpretados ao pé da letra para serem exibidos nas telas de cinema e televisão. 
.
Escreveu também Eliphas Levi em seu livro "Dogma e Ritual de Alta Magia": 

"Na cabala dos HEBREUS, o Sol representa o Anjo da luz; a Lua, o Anjo das aspirações e dos sonhos; Marte, o Anjo exterminador; Vênus, o Anjo dos amores; Mercúrio, o Anjo civilizador; Júpiter, o Anjo do poder; Saturno, o Anjo da Solidão. Se lhes chama assim: Miguel, Gabriel, Samael, Anael, Raphael, Zachariel e Orifiel". ( Eliphas Levi )

"El mundo, a juzgar por lo que creían los antiguos, está gobernado por siete causas secundarias, como las llama Trithemo, secundæ y son las fuerzas universales designadas por Moisés, por el nombre plural de Elohim, los dioses. Estas fuerzas análogas y contrarias entre sí, producen el equilibrio por sus contrastes y regulan el movimiento de las esferas. Los hebreos Michael, Gabriel, Raphael, Anael, Samael, Zadkiel y Oriphiel
."
( Eliphas Levi )

Na Cabala ( ou Kabalah ) os sete planetas sefiróticos tem analogia com os Sete Anjos que estão diante do Trono de Deus (como mencionados no Apocalipse de São João), pois que são representações dos sete Gênio Divinos principais.

Vamos também poder ver estes sete anjos cosmocratores na CONJURAÇÃO DOS SETE ( dos sete anjos planetários ) que é utilizado pelo esoterista quando quer conjurar os demônios. Os sete anjos planetários são Michael, Gabriel, Raphael, Samael, Uriel, Zachariel e Orifiel.  

Vejamos:

"Em nome de MICHAEL que Jehovah te mande e te afaste daqui, Chavajoth. Em nome de GABRIEL que Adonai te mande e te afaste daqui, Bael. Em nome de RAPHAEL desaparece ante Elial, Sangabiel. Por SAMAEL SABAOTH, em nome do Elohim Gibor, afasta-se, Andrameleck. Por ZACHARIEL e Sachiel-Meleck, obedece ante Elvah, Sanagabril. Pelo nome divino e humano de Shaddai e pelo signo do Pentagrama que tenho na minha mão direita, em nome do ANJO ANAEL e pelo poder de Adão e de Eva, que são Jot-Chavah, retira-te, Lilith; deixa-nos em paz, Nahemah. Pelos santos ELOHIM e em nome dos Gênios: Cashiel, Sehaltiel, Aphiel e Zarahiel e ao mandato de ORIFIEL, retira-te, Molokh. Nós NÃO te daremos nossos filhos para que os devorem. Amém. Amém. Amém". 

As CONJURAÇÕES dos SETE e dos QUATRO, bem como a Invocação de Salomão, tem origem no sábio rei SALOMÃO, há quinhentos anos antes de Cristo.

Nestas conjurações vamos ver o nome SABAOTH que diz respeito as HOSTES DE ELOHIM CRIADORES; o Exército da Voz; a Grande Palavra, o Verbo Crístico com o qual se cria e dá poder. Vamos encontrar esta expressão na Invocação de Salomão quando se diz: "Beni-Elohim, sede meus irmãos em nome do Filho, o Cristo, e pelas virtudes de Sabaoth"; também na Conjuração dos Quatro quando vem escrito "Fiat firmamentum per Iahuvehu Sabaoth" e, como já dissemos, na Conjuração dos Sete quando na frase: "Por Samael Sabaoth, em nome do Elohim Gibor, afasta-se, Andrameleck".


Pistis Sophia, o livro sagrado dos cristãos gnósticos primitivos, Jesus Cristo fala de Sabaoth à seus discípulos, diversas vezes, quando diz:

"Ele teve piedade da raça humana, desceu e encontrou-se com o Poder de Sabaoth, o Bom, que está em Ti e trouxe os Mistérios da Altura para dá-los à raça humana".

"Falei com ela como Gabriel e quando retornou do alto para Mim, dali verti a Primeira Força que havia recebido de Barbelo, que é o corpo que tenho levado no alto. E em vez do espírito, verti nela a força que recebi do Grande Sabaoth, o Digno, que está na região da Direita".

"É a Graça, então, o Poder de Sabaoth em mim e que de mim saiu e que és Tu. E tiveste piedade da raça humana".

"E quando falaste comigo, surgiste em mim e eras a Verdade, a qual é o Poder de Sabaoth, o Bom, que está no Teu corpo material e que é a Verdade que brotou da Terra". 

Samael Sabaoth, conforme consta na conjuração dos sete gênios planetários, diz respeito ao poder de Samael-Marte e seu exército para combater as hostes negras de Andrameleck, sua antítese. De forma que Samael é o Anjo guerreiro que, simbolizado pelo dragão mordendo a espada, lança fogo no iníquo para que se faça a justiça.

A associação que fizeram do nome Samael com a Serpente, Dragão, Lúcifer, Lilith, etc, além de serem indevidas, está completamente errada. Os adeptos da BESTA têm infiltrado nos ensinamentos de Deus e adulterado livros sagrados, além interpretar mitologia premeditadamente errada e também ao pé da letra.

Livros de mitologia são profundamente simbológicos, figurativos que foram escritos para iniciados compreenderem corretamente, de cuja compreensão e entendimento deve estar muito além da interpretação meramente literal e estritamente intelectual dos teólogos equivocados do círculo Exotérico, bem como dos pseudo-cabalistas do círculo satânico luciferiano.

Nenhum esoterista autêntico iria conceber literalmente que Cronos/Saturno "devorava" seus filhos recém-nascidos para evitar que eles o sucedessem no governo do mundo. Nenhum estudioso sério do ocultismo iria cair no erro de ver Júpiter/Zeus, o Pai dos Deuses, "enamorando-se" de deusas e ninfas, para com elas engendrar novos filhos deuses e semi-deuses, as escondidas de sua "ciumenta" e "vingativa" esposa Juno/Hera, que por sua vez possui outra representatividade. Nenhum esoterista legítimo iria tomar, ao pé da letra, que Noé bíblico construiu realmente uma arca para nela reunir um casal de todas as espécies animais terrestres.
De mesma maneira, nenhum iniciado verdadeiro e estudioso do círculo esotérico autêntico cairia no erro simplista de crer que Eva surgiu da costela de Adão e que a serpente tentadora a fez comer do fruto proibido. 

Por favor!... É preciso saber interpretar livros bíblicos, mitológicos, cabalísticos, alquímicos etc., pois que os mesmos estão repletos de linguagens figurativas, metafóricas, representativas e simbológicas. Esses escritos foram feitos para os INICIADOS verdadeiros e não para teólogos do círculo exotérico e muito menos para os adoradores da Besta do círculo luciferiano.

Qualquer estudioso que não seja crente literalista ou pseudo-cabalista do ocultismo negro ( ou satânico ), vai compreender claramente que Samael no Zohar está representando a lei da Justiça em ação, por isso vemos escrito no Zohar: 

R. Yose disse: Com referência ao dito, acima citado, que Deus proibiu a Adão a idolatria,a injustiça, o assassinato, o incesto, etc., para que seria necessário tudo isto se Adão ainda estava só no mundo? 
__ A resposta é que todas estas proibições se referem só à árvore e se lhe aplicavam. Pois quem toma dela causa separação e se associa com as hordas inferiores que lhe estão unidas. Faz-se culpado de idolatria, porque conhece os capitães superiores; de derramamento de sangue, porque isso se inspira por esta árvore, que é do lado de Geburá ( “Força” ), a cargo de Samael ; e de adultério, porque a árvore é do princípio feminino, e chama-se “mulher”, e está proibido fazer uma cita com uma mulher sem o marido por temor à suspeita de adultério. Daí que todas as proibições se referem a esta árvore, e quando comeu dela as transgrediu as demais. 

Nos escritos mítico ontológicos do Zohar,  também vemos escrito: 

"Deus provê remédios para Israel antes de que apareça para o julgamento. Que são estes remédios?
__ Em cada ocasião Deus castiga a lsrael  pouco a pouco em cada geração ( o karma é sempre medicinal ) , de maneira que quando os filhos de Israel vierem ao grande dia do julgamento, quando os mortos se levantarem, o julgamento não terá poder sobre eles ( O Karma já não poderá mais condená-los ao abismo ). 

"E de nenhum modo te deixarei sem castigo". Qual é o sentido disto? 
__ Quando os filhos de Israel provam ( a dor ) por si mesmos e não ascendem para o julgamento com os outros povos, Deus é benigno com eles e expía por eles. Mas quando ascendem com os outros povos, Deus sabe que Samael, o guardião de Esaú, virá para recordar seus pecados, e por isso o provê um remédio para eles e, por cada pecado, os golpeia e os purifica com castigos, pouco a pouco. Mas não os elimina do mundo.( não lança para o abismo ) Quando ascendem para o Julgamento ( quando sobem  aos ceús para o julgamento final ), Samael traz muitos registros contra eles, porém Deus, destaca os registros dos sofrimentos que têm suportado por cada pecado, de maneira que são todos limpos sem nenhuma indulgência. Então Samael já não tem poder e não lhes pode fazer nada e desvanece do mundo com todos seus sequazes e povos..." 

No Zohar, Samael representa a ação da justiça que sempre põe em equilíbrio a lei da misericórdia. O karma é medicinal e quando a pessoa paga a sua dívida ou seu karma no mundo, Deus dá-lhe mais oportunidades para não cair na involução.  Pago o Karma,  Samael que representa os capitães da justiça já não tem mais poder sobre esse.

Estas literaturas não foram escritas para crentes e muito menos para intelectualóides do círculo luciferiano ou satânico, mas sim para pessoas sinceras e intuitivas, de elevado grau de espiritualidade e consciência. É preciso se desenvolver espiritualmente para adquirir intuição e poder para compreender o conteúdo mitológico, figurativo e esotérico inseridos nas sagradas escrituras. É preciso saber separar fatos históricos de alegorias representativas e mitológicas.

Disse Helena Petrovna Blavatsky:

"En la Teogonía Esotérica, tanto Schemal como Samael representaban una divinidad particular. Para los kabalistas son el “Espíritu de la Tierra”, el Dios Personal que la gobierna, y por tanto son de facto idénticos a Jehovah. Los mismos talmudistas admiten que Samael es un nombre divino de uno de los siete Elohim. Los kabalistas, además, muestran a los dos, Schemal y Samael, como forma simbólica de Saturno, Cronos; los “Doce Alas” significando los doce meses, y el símbolo en su colectividad representando un ciclo de raza. Jehovah y Saturno son también idénticos en sus símbolos".

Os iniciados do círculo esotérico autêntico sabem que Samael é o anjo regente de Marte, um dos sete Arcontes da cosmologia esotérica, os chamados Elohim, já os teólogos do círculo exotérico e pseudo-ocultismo tomam Samael como um ser malvado e destruidor por interpretarem erroneamente e ao pé da letra as antigas escrituras e que estão recheadas de simbologias, alegorias, representações e metáforas, razão pela qual hoje existem citações e conceitos negativos de Samael, mas também positivos por ser ele o Anjo Regente de Marte, correspondente a Sephira Geburah da árvore da vida, segundo os verdadeiros cabalistas.  

Círculos Esotérico, Exotérico e Pseudo-esotérico.

Existem três linhas de pensamento teológico: o ESOTÉRICO, o EXOTÉRICO e o PSEUDO-ESOTÉRICO.

O ESOTÉRICO é todo iniciado que tem desenvolvido sua consciência por estar dissolvendo o ego e vivendo o caminho esotérico com suas correspondentes iniciações solares, que por certo, são totalmente INTERNAS. A palavra ESO refere-se ao conhecimento que vem de DENTRO, que é o CONHECIMENTO INTERNO ou VIVIDO.

O EXOTÉRICO são os religiosos do mundo, que estão desenvolvendo a devoção para um dia entrar no círculo esotérico autêntico. A palavra EXO significa o conhecimento que vem de FORA, quando se lê um livro, por exemplo, a Bíblia.

Os PSEUDO-ESOTÉRICOS são indivíduos essencialmente razonativos sem qualquer sentido intuitivo e que intelectualizam o ensinamento esotérico, por também não estarem vivenciando o caminho esotérico. Dentro da classe dos PSEUDOS ( falemos assim ) tem também os PSEUDO-OCULTISTAS que pegaram a magia divina para invertê-la, cujo resultado de tal transgressão é se transformarem em monstros asquerosos do abismo. Entre esses estão os que praticam magia sexual negativa, os chamados tantristas negros. Essas criaturas adquirem consciência no mal e para o mal e lutam por controlar pessoas e multidões através dos eus psicológicos das mesmas. É preciso desintegrar o ego para deixar de ser controlado e escravizado pelas entidades negras do abismo. Eles têm uma premissa que é fazer escravos para lhes servirem. A regra lá é: OS ESCRAVOS SERVIRÃO.

A libertação não está fora e sim dentro de si mesmo.

Quando o Cristo surgiu no centro do mundo, ele lutava para que o povo buscasse sua libertação interior, mas os homens preferiram a Barrabás que lutava para que o povo se libertasse de Roma. A rebelião de Jesus tinha como proposta a libertação interior do homem; a rebelião de Barrabás tinha como proposta a libertação do povo judeu do julgo romano. A desgraça não se fez esperar, o povo escolheu a Barrabás e o Cristo Salvador foi crucificado. No entanto, o povo ( que representa a humanidade ), seguiu do mesmo jeito, controlado e escravizado...

A diferença de definições teológicas acerca do conteúdo dos GRANDES LIVROS se deve a estes três tipos de pensamento teológico. A base do entendimento dos verdadeiros iniciados é ontológico e intuitivo e a base do entendimento dos não iniciados é lógico e intelectivo, motivo pelo qual a compreensão se dá de forma LITERAL ou interpretada erroneamente, como sempre tem interpretado os adoradores da besta luciferiana.

As sagradas escrituras das diferentes culturas de nosso mundo, foram escritas por selecionados adeptos do círculo esotérico autêntico em cumprimento aos interesses da Grande Fraternidade Branca. E o real significado de suas alegorias e metáforas somente podem compreender os verdadeiros esoteristas que, em seu coração sincero, busca seu DEUS INTERNO, verdadeiramente e incondicionalmente.

Somente pode interpretar corretamente as escrituras quem vem trilhando e vivenciando o caminho esotérico autêntico. Em se tratando de Kabalah, até mesmo iniciados não tem conseguido compreendê-la integralmente, quanto mais os sabichões do círculo pseudo-esotérico, exotérico e do ocultismo negro.

A KABALAH DOS HEBREUS FALA SOBRE OS SETE ANJOS DIANTE DO TRONO DE DEUS

Escreve Eliphas Levi em seu livro "Dogma e Ritual de Alta Magia":

"La síntesis de todos los dogmas nos lleva a un único simbolismo, que es el de la Cabala y de los magos. Los tres misterios y las cuatro virtudes realizan el triangulo y el cuadrado mágico. Los siete sacramentos manifiestan los poderes de los siete genios o de los siete ángeles, que de acuerdo al texto del Apocalipsis, están siempre delante del trono de Dios".

"Los siete planetas mágicos corresponden a los siete colores del prisma y a las siete notas de la octava musical; representan así mismo la siete virtudes, y por oposición, los siete vicios de la moral cristiana.
Los siete sacramentos se refieren también a este gran septenario universal.
• El bautismo, que consagra el elemento del agua, se refiere a la Luna;
la penitencia rigurosa está bajo los auspicios de Samael el ángel de Marte;
• la confirmación, que da el espíritu de inteligencia que comunica al verdadero creyente el don de lenguas, está bajo los auspicios de Rafael el ángel de Mercurio;
• la Eucaristía sustituye la realización sacramental de Dios hecho hombre por el imperio de Júpiter,
• el matrimonio está consagrado por el ángel Anael el genio purificado de Venus,
• la extremaunción es la salvaguardia de los enfermos prontos a caer bajo la faz de Saturno, y
• el orden, que consagra el sacerdocio de luz, es el que está más especialmente marcado con los caracteres del Sol". ( Eliphas Levi )


.
Como podemos ver, a Kabalah hebraica também fala sobre os sete anjos planetários, bem como os gnósticos ( os verdadeiros ) só que ao invés de chamarem Anael o Anjo de Vênus, chamam de Uriel.

O Grande Mestre Adonai, Dr. Jorge Adoum ( Mago Jefa ) também fala, em seus livros, sobre os sete anjos diante do trono de Deus e os cita nos seguintes nomes: Gabriel, Rafael, Hanel, Michael, Samael, Zadkiel, Zafkiel. Fica comprovado, mais uma vez, que Samael vem classificado pelos Grandes Iniciados como um dos sete anjos regentes.

Eles são os sete principais governadores planetários. Governadores esses que habitam o templo-coração de seus planetas correspondentes. Todo astro tem seu templo-coração que é a morada de seu gênio espiritual regente. Para quem não sabe o Gênio Regente de nosso planeta Terra chama-se Melquisedec; Changam, o rei da Terra.

Isto tudo tem muito a ver com a astrologia esotérica que se difere da astrologia moderna ( muito falha em seus traçados aritméticos e cálculos astrológicos ), porque as forças siderais não são cegas, visto que existe um gênio consciente em cada planeta. Devido a isto não se pode estabelecer datas nas profecias, pois que as mesmas podem ser alteradas conforme as novas diretrizes dos gênios siderais, segundo o comportamento da humanidade, segundo os desígnios da Lei Divina e dentre muitas outras coisas que desconhecemos.

Dizia o Mestre Samael Aun Weor:

"Essas forças são precisamente os raios dos gênios planetários e esses Senhores podem modificar todos os acontecimentos humanos, ainda que o horóscopo esteja cheio de quadraturas e oposições, de maneira que a astrologia de aritmética não é exata, porque não se pode ser astrólogo autêntico sem ser TEURGO e ALQUIMISTA". ( V.M. Samael Aun Weor )

.O regente de Marte é Samael, já diziam os legítimos cabalistas. Marte é um planeta vulcânico e guerreiro que, como um dragão guardião, lança o fogo da justiça sobre tudo o que possa por em risco a sobrevida de nosso sagrado sistema solar.

Escreve Eliphas Levi em seu mesmo livro:

"Los signos cabalísticos de los siete espíritus son: para el Sol, uma serpiente con cabeza de león: para la Luna, un globo cortado por dos medias lunas: para Marte um dragón mordiendo las guardas de una espada; para Venus, un lingam; para Mercurio, el caduceo hermético y el cinocéfalo; para Júpiter, el pentagrama flameante, en las garras o en el pico de um águila; para Saturno un viejo cojuela o una serpiente enlazada con la piedra heliaca". ( Eliphas Levi )

Naturalmente, Samael não é Lúcifer e nem serpente como concebem os crentes das religiões dogmáticas do círculo exotérico e os adeptos do círculo luciferiano satânico. Tem uns ignorantes que chegam até mesmo a dizer que Samael nega a existência de Deus e é o Anjo da fornicação e da prostituição. Veja você até onde chega as INVENÇÕES desses aloprados. Eles necessitam combater o Anjo Guerreiro Samael, de forma que criam MENTIRAS ( mesmo bestialmentee inventam conceitos para enganar a humanidade.

Essa pobre gente extraviada nem sabe o que é fornicação ( ou finge não saber ), onde Mestres como Samael, Huiracocha, Adonai, Moisés, etc. colocam-se frontalmente contra a fornicação, já que não se pode chegar a condição de ANJO, fornicando.

É preciso saber que tem muita gente que escreve sobre CABALA, principalmente os tantristas negros que, comumente, se consideram "exímios" cabalistas, como se autoconsiderava a Besta 666 Aleister Crowley com todos seus ritos negros e orgias sexuais. As interpretações erradas e distorcidas dos falsos cabalistas em associação com seus tenebrosos rituais e vidas sexualmente extravagantes foram uma das razões pelas quais fizeram os teólogos do círculo exotérico formarem um conceito negativo sobre Lúcifer, desde os tempos medievais.

Todo ocultista ( o verdadeiro ) sabe que Lúcifer na qualidade de Christus-Lúcifer não é nenhum demônio, porque ele é o reflexo do Logos, a sombra do Cristo-Sol. Quem conceitua Lúcifer como demônio são os teólogos do círculo exotérico, principalmente católicos e evangélicos por entenderem as escrituras erroneamente e ao PÉ DA LETRA. Christus-Lúcifer, o Dragão Vermelho, é o educador na arte da magia sexual e quem está por trás dos impulsos sexuais para que as águas seminais sejam transmutadas e a serpente kundalini suba pela coluna vertebral vitoriosamente. No entanto, Lúcifer em sua natureza invertida e contrária se tranforma numa criatura luciférica 
monstruosa satânica do qual cultuam aqueles que lidam com magia sexual invertida( os tantras negros ). 



Todo tantrista negro é aquele que FOI DERROTADO na magia sexual pelo dragão escamoso, daí serem chamados de LUCÍFERES. Ao não vencer seu Lúcifer-Prometeus Interior, tornaram-se luciféricos ( ou satânicos ).  Distingua-se, portanto o Christus Lúcifer dos cristãos gnósticos de Lúcifer Satânico dos praticantes de magia negra, tantristas negros, dos adoradores da Besta etc., tal como se vê na doutrina hiperbórea e demais seitas dos satanismo, que são diversas.

Lúcifer não é o Ego. Lúcifer é o que produz o fogo sexual para se poder chegar ao Cristo, através da magia sexual branca ( sem ejaculação, sem orgasmo, sem espasmo ), por isso se diz que Lúcifer é o portador da luz. Quando o homem criou o ego animal pela queda original, converteu Lúcifer no Diabo. Lúcifer unido ao ego é o diabo tentador dentro de nós mesmos , por isso ser também chamado de "Diabo", "Satan" e aqueles que se deixam cair em tentação ficam, pois, diabólicos, satânicos ou luciféricos, ou seja, tornam-se a antítese de Christus-Lúcifer. 

Christus-Lúcifer não é o ego, porque é a sombra do Logos. Lúcifer-Nahuatl é o Dragão Vermelho, o treinador e provador na arte da magia sexual, ele é quem está por trás do fogo sexual, tão indispensável para haver o conúbio sexual transcendente e sobre isso tem muito o que se dizer e explicar. Leia mais em:

"Lúcifer e sua Antítese Luciférica Fatal"
http://gnosesamaelgnosisgnosticos.blogspot.com/2010/05/lucifer-e-sua-antitese-luciferica.html

No entanto, Marte-Samael não tem nada a ver com Lúcifer, como querem enganar os INVERTIDOS. Aliá
s, Lúcifer, que é a sombra do Logos, vem associado a Vênus e não a Marte. Vênus-Lúcifer é o dragão que produz o fogo sexual amoroso e Marte-Samael é simbolizado pelo dragão que toma a espada para deter o iníquo e fazer a justiça. Samael é o Anjo exterminador do mal, que elimina o mal por ser o grande guerreiro que utiliza da espada, símbolo da força e do poder para fazer a justiça. 


A força marciana de Geburah-Samael paira na criação, pois que é componente integrante da mesma, e desta energia crística impulsionadora deve o iniciado se utilizar para subir valorosamente pela escada das iniciações cósmicas solares.

Marte é o PLANETA DA FORÇA que pode te elevar, mas que pode te destruir se não utilizar dignamente a vigorosa energia marciana, assim como quando as emanações místicas provenientes do SOL/Michael te eleva espiritualmente, mas que, canalizado negativamente( pelo ego ) pode te conduzir ao fanatismo ou ao ceticismo( pelo rechaço ).

Vênus/Uriel como Deus do amor tem como antítese a luxúria refletida na esfera Lilith e Nehamah, com todas as suas complicações sexuais.

Na mitologia romana vê-se que Marte e Vênus se atraem irresistivelmente. É o VARÃO( adão ) e a FÊMEA( Eva ) se atraindo ardorosamente. É a FORÇA de Marte e o AMOR de Vênus, lado a lado, para que se realize a GRANDE OBRA.
.




Eva-Venus é a mulher pura, voluptuosa e paradisíaca e LILITH seu contrário, e,  em termos mitológicos, como natureza venusiana invertida faz de Marte-Samael seu consorte, quando assim usa a força marciana negativamente, fazendo do Adão caído o esposo de Lilith. Adão caído representa também o homem que saiu do Paraíso por ter comido do fruto proibido, passando ter como esposa não mais a Eva paradisíaca, mas sim Lilith/Nahemah, a mulher fatal, antítese de Eva-Vênus. É preciso eliminar o ego para se poder canalizar as emanações sephiróticas positivamente e ascendentemente. 

Marte é força para libertar, mas também para acorrentar, quando se faz o mal uso da árvore da vida que pulsa e movimenta toda a criação.
Com a força de Marte ganhamos a impulsão para trilhar a senda do fio da navalha. Da força de Marte-Samael se estabelece o limite na ação misericordiosa para que haja equilíbrio e justiça sobre todas as coisas.  


Geburah-Marte é a morada de Budhi, da alma feminina e do amor consciente. Thipheret-Vênus é a morada de Manas, a Alma Humana, que é a alma-gêmea de Budhi. Não esqueçamos que ATMAN, o ÍNTIMO, tem duas almas; a ALMA ESPIRITUAL ( Budhi ) e a ALMA HUMANA ( Manas ) ou Bothisatwa.

Marte é ação, fogo e justiça para rebater e destruir todo tipo de iniquidade. É preciso se proteger pelo darma espiritual, para que Anúbis e o leão da lei não tenha nenhum poder sobre nós. A Lei Divina costuma aplicar a JUSTIÇA com a força de Marte que vem para lançar fogo no que é destrutivo e maligno, antes que o mesmo destrua o planeta e toda a criação. Samael está relacionado ao quinto sephirote Geburah da Árvore da Vida. Geburah está relacionada com Marte e é o domínio da justiça.


No Zohar, diz Elias: "líe venido para decirte que Jerusalem 'está por ser devastada junto con todas las ciudades de los sabios, por la razón de que Jerusalem es la corporización del juicio, y está preservada por el juicio, y el juicio ahora reclama su destrucción. A Samael ya se le ha dado poder sobre ella y sobre sus poderosos".

Samael tem a natureza impetuosa, guerreira e justa, que dispõe de GRANDE PODER para destroçar o que é ilegítimo e destrutivo, segundo as ordens da Lei da Justiça Divina.

Ele é o Arcanjo guerreiro poderoso que aprisiona os LUCÍFERES no abismo. É com esta força que a LEI se aplica, daí a JUSTIÇA estar relacionada a FORÇA, pois que ambas trabalham juntas.

Escreveu Dion Fortune:

"Geburah a Gedulah precisam trabalhar juntas; jamais uma sem a outra. Devemos adorar o Deus das Batalhas assim como o Deus do Amor, para que o elemento combativo no universo renda homenagens ao Senhor Único, ao Eu Sou Aquele Que É. Não se deve maldizer a espada como um instrumento do Demônio, mas abençoá-la e consagrá-la para que jamais possa ser empunhada numa causa injusta. Jamais deveremos pô-la de lado devido a um pacificismo impraticável, mas brandi-la a serviço de Deus, de modo que, emitida a ordem para que não se sofra mais a coisa má, o poderoso Khamael ( o nome correto é Samael ), o Arcanjo de Geburah, possa conduzir os Serafins à batalha, não numa raiva destrutiva, mas sóbria e impessoalmente a serviço de Deus, no intuito de esclarecer o Mal e fazer o Bem prevalecer".

Quando nos livros de mitologia vemos expressões como "A IRA DE DEUS", não se trata, é claro, da ira do ego e sim da JUSTIÇA DE DEUS. É uma forma figurativa de dizer A JUSTIÇA DIVINA EM AÇÃO e que se faz sob a ação mortífera de Marte, que surge como o Deus da destruição, para destruir o mal do homem e a iniquidade do mundo. Os livros bíblicos antigos são literaturas geniais e guardam grandes verdades ocultas, inseridas numa linguagem alegórica e figurativa. Nunca devemos esquecer disto.

Os INVERTIDOS do círculo satânico dizem que Samael significa "Veneno de Deus" para enganar os leitores, porém os verdadeiros cabalistas escrevem que
"SAMAEL, em hebreu ( S M - E L la - m c ), significa "Doutrina Superior".


Samael como anjo guerreiro é exterminador, e é o que detém e destrói a AÇÃO DO INÍQUO com sua espada flamígera, em todos os sentidos. Samael, em seu aspecto positivo, é a força que impulsiona o devoto a lutar contra si mesmo( contra seus defeitos psicológicos ) para conquistar os céus de seu universo sephirótico; é quando Marte desce a nona esfera para temperar a espada. Samael é também a força poderosa e severa que destrói todo o mal e sua força canalizada negativamente também destrói o homem, quando utilizado negativamente pelo ego.

Samael é o anjo inimigo do ego, é a força guerreira que existe para lutar contra o ego animal, que é o grande inimigo do Cristo. Samael-Cristo é o anjo que combate as forças esquerdas provenientes das hostes negras do submundo; o abismo. De Samael-Sabaoth emana a força marciana existente em nosso sistema solar que, polarizada positivamente, nos dota de FORÇA E VONTADE para lutar contra o ego e levantar a serpente, ascendentemente, pelo canal medular; mas que, polarizada negativamente, intensifica a tirania do ego, com suas guerras, violências, escravidões, crueldades, inquisições, ódios e horrores.
.
Há que se eliminar o eu animal para que verdadeiramente resplandeça o amor no interior do homem, já dizia o Mestre.
.
O Grande Mestre Samael foi ao grão: para se poder estabelecer a paz e a harmonia no mundo, temos que eliminar os valores psicológicos que desencadeiam os conflitos, as guerras, as violências, etc. E esses valores são os eus psicológicos que carregamos em nosso interior, raiz dos sofrimentos, das maldades e de toda a inconsciência humana. Para eliminar tais valores há que se recorrer a Mãe Divina; ou seja, a Deus-Mãe em nosso interior, representada por Maria, mãe de Jesus, no cristianismo gnóstico primitivo. Nossa revolução é interior e não exterior. Quando as pessoas estabelecerem a paz em seu interior, então é quando a paz na sociedade e no mundo será alcançada.
.
Ao tratar-se de esoterismo, não adianta ler muitas coisas se não tiver em conta a MORTE DO EGO como base prática e primordial no caminho esotérico gnóstico autêntico.
.
Fraternalmente!
 



Tópico Complementar:




___________________________________________________

Blog Gnósticos de Aquário ___________ Postado em: 18.03.2010