.
“Os fariseus e os escribas tomaram as CHAVES DA GNOSIS. Eles não entraram e nem deixaram entrar aqueles que queriam entrar. Vós, no entanto, sede sábios como a serpente e manso como as pombas”
( JESUS CRISTO – Evangelho de São Tomé )

"Seguramente, cada um que receba um Mistério do Reino da Luz, irá e herdará até à região na qual recebeu Mistérios. Porém, não conhecerá ... a Gnose do universo e porque é que tudo isto surgiu a menos que conheça a UNA e Única Palavra do Inefável que é a Gnose do Universo. ..... E de novo vos digo abertamente: EU SOU A GNOSE DO UNIVERSO"
.
(Jesus Cristo em Pistis Sophia, o livro sagrado dos cristãos gnósticos primitivos)

.

Em Defesa da Divina Gnosis do Cristo.

Em Defesa da Divina Gnosis do Cristo.
JESUS CRISTO, Grande Mestre Gnóstico e Chefe da Loja Branca.
.
.

Nietzsche não era ateu, nem nazista e nem anti-semita.


CUIDADO COM AS MENTIRAS; Nietzsche, o filósofo alemão, não era ateu, nem nazista e muito menos anti-semita, muito pelo contrário.

A primeira coisa que temos de ter em conta é que Nietzsche, não era ateu como querem dizer certos intelectuais, muitos deles intelectuais ateistas. Ninguém é ingênuo o suficiente para não saber que existem inclusive 'filósofos' ateus para contraporem-se a filosofia originária, desde a antiguidade. 

O que ouvimos falar sobre Nietzsche não condiz com ateísmo, obviamente, principalmente quando vem de militantes ateus falando sobre Nietzsche. É bom saber que o ateu mesmo nunca é militante, até porque sabe-se que muitos militantes ateus são adeptos secretos do SATANISMO e do COMUNISMO. Tolo é aquele que não percebeu isso ainda.

O filósofo alemão Nietzsche também não era contra o Cristianismo de Jesus como querem afirmar os INTELECTUALÓIDES. Certamente Nietzsche era contra o cristianismo institucional distorcido e dogmático dos falsos sacerdotes cristãos em sua postura teológica ignorante, permissiva, literalista, mercenária e condicionante, passando por isso a servirem, inclusive, o ANTICRISTO. E como pode Nietzsche ser ateu se ele acreditava no ETERNO RETORNO de todas as coisas? Ora, o eterno retorno de todas as coisas é parte da doutrina esotérica universal. Isso é milenário! O eterno retorno de todas as coisas nós vemos na mentempsicose de Pitágoras,  na lei de transmigração das almas de Krishna, na Roda do Samsara de Buda e que foi tão bem explicado e revelado na Lei de Evolução e Involução de Samael Aun Weor.  Por acaso ateu acredita na doutrina espiritual de Krishna, Buda, Pitágoras, Samael Aun Weor, Zoroastro? Por acaso ateu acredita em esoterismo? Todo esoterista acredita em Deus. Se não acreditar em Deus é porque não é esoterista e sim satanista dissimulado de esoterista.

Os Mestres da sabedoria deixam seus ensinamentos, porém é dos humanóides distorce-los, adulterá-los, segundo seus interesses ocultos, ideológicos e político-econômicos, convertendo-os em catolicismo mediocrisante, protestantismo negociante, budismo intelectivo, judaísmo segregacionista, islamismo fundamentalista etc. e assim poderem engendrar contradições, condicionamentos, conflitos, guerras e fazer TERROR em nome de Deus, além de criar coisas absurdas como sacrifícios de animais, bigamias, poligamias, celibato, "santa" inquisição, indulgência e comércio com o fim de se enriquecerem ou enriquecer suas igrejas estéreis e mortas, já que é o DINHEIRO que lhes trás PODER e não mais os poderes divinos do SER. O DINHEIRO é o poder do ANTICRISTO, e o PRAECLARA VIRTUTUM os poderes do CRISTO.   

Cabe aqui recordar que foi por influência de uma cúpula sacerdotal judáica que Jesus Cristo foi surrado e crucificado; depois o catolicismo romano ( que é um desvio do cristianismo gnóstico primitivo do Mestre Jesus  ) se apossou do ensinamento de Cristo, transcrito hermeticamente nos evangelhos canônicos e "apócrifos", para convertê-los numa religião inquisitória, contraditória e morta, por isso Nietzsche dizer que "Deus está morto", porque muitas pessoas desse nosso mundo conspiram contra Deus e matam a Deus, diariamente, para que a humanidade prossiga ignorante e espiritualmente órfã, ficando assim facilmente controlada, por permanecer sem qualquer contato íntimo e direto com a consciência do SER CRIADOR, com Deus que está dentro de nós mesmos. Observe Nietzsche disse:  “Deus está morto! “Deus permanece morto! E quem o matou fomos nós!...

Veja ele diz que quem matou Deus fomos nós e se matamos é porque ELE existiu entre nós e dentro de nós mesmos. É mais outra prova de que Nietzsche não era ateu, já que para o ateu, Deus nunca existiu, porém para Nietzsche Deus existia antes de o termos matado. Ao termos matado, ficou em seu lugar apenas a mente, o jumento a quem os homens adoram e são  lhe subservientes. E nesse sentido ele ( Nietzsche ) tem toda razão , nós matamos mesmo Deus, por isso é que nos encontramos encerrados num corpo físico sem poder ver, sentir e contactar com o SER INEFÁVEL DIVINAL, sem contato com a luz solar que nos tira das trevas e vislumbra a verdade e nos aquece todas manhãs. Isso nos arremete as palavras de Cristo quando disse: BUSQUEI A VERDADE ELA VOS FARÁ LIVRE. Em outras palavras, o ego matou Deus dentro de nós mesmos através do egocentrismo, egoísmo, ateísmo, marxismo, fascismo, nazismo, anarquismo, satanismo, terrorismo, fundamentalismo, falso cristianismo etc. etc. e demais coisas que distorcemos e criamos para nos aprisionar, então temos agora que matar o ego dentro de nós mesmos para ressuscitarmos a CONSCIÊNCIA CRÍSTICA SOLAR e reeligarmos novamente ao DEUS VIVO, porquanto, no atual momento, Deus está morto e Deus estando morto foi substituído pelo JUMENTO, pelo BURRICO DA MENTE que nos aprisiona e a quem agora obedecemos.

Note que, se Deus permanece morto e quem o matou fomos nós, conforme dito por Nietzsche, então é a confirmação de que  ELE existe e existiu entre nós antes de o termos matado; é a afirmação inconteste de que ELE esteve presente entre nós, por exemplo, através do Cristo que foi morto pelos homens. Então nós, humanos, também matamos Deus que estava em Jesus Cristo e neste sentido Nietzsche estava correto.

O povo pedindo a crucificação de Jesus Cristo, mesmo Pilatos considerando-o inocente.

Leia mais em:
Por que Cristo-Deus deixou ser crucificado pelos homens? 

Nietzsche, ao falar que 'Deus está morto', ateístas,  satanistas etc. traduziram convenientemente sua filosofia como quem era um militante ateu ou como quem era contra o Cristo, por não saberem nada de esoterismo. Coisas de  ateístas e satanistas que ficam blefando e inventando estórias, distorcendo o conhecimento, adulterando escritos e criando conceitos intelectualóides, dando inclusive definições na web, wikipédia etc. para dar sentido inverso, contraditório e distorcido aos escritos filosóficos dos sábios e metafóricos dos mestres da sabedoria.  Os tipos satânicos tem uma habilidade intelectual para confundir e dar sentido inverso a filosofia, as ciências herméticas e as simbologias esotéricas que você não imagina. Nós já dissemos que  enquanto você não ver o satanista como mentiroso e enganador estará nas mãos dele inevitavelmente, porque eles escrevem muito e trabalham intensamente contra o cristianismo, uns declaradamente, outros indiretamente e sutilmente. A causa deles é destruir o Cristo e a DEUS.  Então, eles existem para isso, para enganar , para dissimular de filósofos, de esotéricos, de gnósticos, de rosacruzes etc. e até de sacerdotes, no intuito de sutilmente distorcer o conhecimento e até queimar manuscritos sagrados e adulterar livros cristãos gnósticos no sentido de ocultar VERDADES inseridas na sabedoria esotérica de DEUS. Eles são a MENTIRA, a antítese da VERDADE, então têm que dissimular, distorcer e até ocultar a VERDADE, tudo feito muito sutilmente, "santamente" e calculadamente para poderem seguir enganando e controlando nossa pobre humanidade.

Nietzsche foi um filósofo difícil de compreender, um crítico aos oportunistas e  sacrílegos que deturparam as palavras de Cristo etc. Nietzsche se colocava contra o cristianismo dos oportunistas religiosos, mas não contra o cristianismo de Jesus que poucos compreenderam e por isso Nietzsche dizer:

"Farei uma pequena regressão para explicar a autêntica história do cristianismo. A própria palavra “cristianismo” é um mal-entendido no fundo só existiu um cristão, e ele morreu na cruz. O “Evangelho” morreu na cruz. O que, desse momento em diante, chamou-se de “Evangelho” era exatamente o oposto do que ele viveu..." ( Nietzsche )

Veja que Nietzsche salvaguardou o Cristo e sua doutrina. Todavia, Nietzsche não soube contar a verdadeira história do cristianismo, a começar por generalizar as palavras cristianismo e cristãos , já que Jesus e seus apóstolos e grandes expoentes gnósticos eram CRISTÃOS e precursores do verdadeiro CRISTIANISMO. É deveras insano e extremamente estranho Nietzsche atacar o cristianismo e os cristãos de modo geral. Obviamente que não foi nenhuma TORPEZA por parte de Nietzsche senão que SEUS ESCRITOS FORAM ALTERADOS e traduzidos de forma premeditadamente errada e adulterada.
É claro que quando Nietzsche critica o cristianismo ele se opõe ao DEUS MONOTEÍSTA das religiões institucionais criadas pelos sacerdotes oportunistas do círculo exotérico que são os que têm interpretado livros bíblicos ao pé da letra, caindo na mais profunda ignorância, porque DEUS é um conjunto de DEUSES CRISTIFICADOS ( os Elohim bíblico) e por isso  Jesus Cristo também dizer: AQUILO QUE FIZ VÓS TAMBÉM PODEIS FAZER E MUITO MAIS, porque é o CRISTO no homem quem faz os prodígios e milagres. Para ser MAGO ( BRANCO ) tem que encarnar o CRISTO ÍNTIMO, nosso DEUS INTERNO. Por acaso algum sacerdote católico, ironicamente chamado "padre" ( padre significa pai. Lembre-se que só Deus é PAI. ) conseguiu fazer o que Cristo fez? Algum Papa conseguiu realizar algum fenômeno miraculoso que Cristo demonstrou em vida?  Algum bispo evangélico consegue andar sobre as águas tal como andou Jesus Cristo? Algum sacerdote judaísta, depois da crucificação do Cristo, conseguiu fazer algum prodígio que Moisés e os profetas hebreus fizeram? O Dalai Lama, que nem clarividência possui, conseguiu multiplicar os pães e os peixes para ao menos poder matar a fome de um povo tibetano pobre e faminto, já que, como estadista  nem isso conseguiu fazer?   Resposta: NÃO!. E por quê?  Porque esses 'sacerdotes' não encarnaram o Cristo. Esses  sacerdotes nem trajes de bodas da alma possuem para transladar as dimensões superiores ( ou Reino dos Céus ) e conversar com os DEUSES diretamente. O que poderia-se então esperar senão enganos, equívocos, invenções e mentiras?

Agora recordemos o que Cristo já dizia antes de ser crucificado:

“Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas! Fechais  as  portas do reino dos  céus aos homens sinceros. Não quereis entrar e nem deixais entrar os que querem entrar ( Jesus Cristo ) 

“Os fariseus e os escribas tomaram as CHAVES DA GNOSIS. Eles não entraram e nem deixaram entrar aqueles que queriam entrar. Vós, no entanto, sede sábios como a serpente e manso como as pombas”. ( Jesus Cristo )

E disse mais:
"Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim ab-rogar , mas cumprir.  Porque  em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido". ( Jesus Cristo )

Veja que o Cristo fala que não veio suprimir a LEI e os PROFETAS senão cumprir. Em outras palavras, Jesus Cristo estava perfeitamente sintonizado com a LEI DIVINA e os PROFETAS, porque os verdadeiros profetas foram os mensageiros de CRISTO.
Em todas as grandes religiões do mundo encontramos o PRINCÍPIO CRÍSTICO CÓSMICO UNIVERSAL, porque em todas as grandes doutrinas foram deixados pelos mensageiros de Cristo.

Leia mais em: 

Observe também como o Cristo é completamente antagônico aquelas coisas satânicas e antibíblicas de FAZE O QUE TU QUERES HÁ DE SER TUDO DA LEI dos satanistas que só serviu para levar as pessoas enganadas a degeneração moral, sexual, intelectual e cultural.  Também não é preciso dizer que ESCRIBAS e FARISEUS existem muito mais nos tempos de hoje, do que nos tempos de Jesus Cristo. É necessário afastar-se dos ignorantes para se libertar das amarras da ignorância, já que os mesmos insistem em perpetrarem-se na ignorância.

Nas antigas civilizações o povo adorava o sol, não porque o SOL FÍSICO dava luz, calor, vida, colheita e proteção contra os predadores, mas porque sabiam que o Sol era a representação de Deus, do CRISTO, por isso a expressão CRISTO-SOL, portador da verdade e doador da vida.
Cristo foi representado, desde as civilizações antigas, pelo ASTRO SOL que nos aquece, nos ilumine e nos dá a vida. 

A Ressurreição; um dos grandes poderes de Jesus Cristo.
 
Os iniciados das culturas antigas cultuavam o SOL porque sabiam que o sol representava o CRISTO. Somente CRISTO é DEUS e aquele que O encarna torna-se um cristificado, torna-se portanto um DEUS. Isso não é ficção devido a ALMA possuir uma CHISPA do SER DIVINO em seu interior. O homem é diferente do macaco e dos animais porque carrega dentro de si uma CHISPA DIVINAL e um princípio crístico em seus órgãos sexuais.  Imagine agora uma coletividade de HOMENS SOLARES, de Homens que criaram os corpos crísticos solares ( os trajes de bodas da alma )  e que encarnaram a triáde PAI, FILHO ( Cristo ) e ESPÍRITO SANTO dentro de si mesmos. Esses são os DEUSES CRIADORES.
 
É deveras cômico ver os intelectualóides dizerem que o universo cósmico infinito surgiu casualmente, para assim ninguém pensar que foram os DEUSES que criaram e seguem criando mundos, galáxias, universos e infinitos. 


Deus é um conjunto de DEUSES CRISTIFICADOS e foi também representado pelas culturas antigas como o ASTRO SOL que nos dá luz, alimento e vida.

Nietzsche, em seu livro Assim Falava Zaratustra, escreveu:

"Oh! Astro Rei Grandioso! Há dez anos chegas diariamente a minha caverna e se não fosse por Ti, por minha águia e por minha serpente, haveria-me cansado de viver nesse lugar. Mas nós esperávamos por Ti, todas as manhãs, tomávamos-Te em fartura e éramos abençoados por isso. Pois bem: já estou preenchido de sabedoria, como a abelha que acumulou demasiado mel.  Quisera dar e repartir até que os homens voltem a gozar da sua sabedoria e os pobres da sua riqueza.
Para isso devo descer às profundezas: como fazes à noite, quando vais para trás do oceano, e levas a tua luz também ao mundo inferior, Ó ASTRO DE EXUBERANTE RIQUEZA. Eu devo descer, como TU, segundo dizem os homens a quem quero me dirigir. Abençoa-me, pois, OLHO AFÁVEL, que podes ver sem inveja até uma felicidade demasiado grande! Abençoa a taça que quer transbordar, para que dela manem as douradas águas, levando a todos os lábios o reflexo da tua alegria! Olha! Esta taça quer de novo esvaziar-se, e Zaratustra quer tornar a ser homem". ( Nietzsche em 'Assim Falava Zaratustra' )

Zaratustra = profeta Zoroastro

Veja Nietzsche fala em ABENÇOA-ME... Lembrando que Zoroastro e Zaratustra são o mesmo.  Observe mais uma vez como não existe nada de ateu em Nietzsche, muito pelo contrário existe é um fervor a Deus, manifestado dentro de uma forma esotérica , é claro, para não se parecer em nada com a crença eclesiástica.  É claro que a TAÇA aqui representa a SABEDORIA e Zaratustra, o Cristo no homem, que desce da montanha para viver na cidade dos homens por amor a humanidade. Isso nos faz lembrar da expressão o FILHO DO HOMEM de Jesus Cristo que vem ao mundo por amor a humanidade.

Nietzsche falou do Superhomem em sua melhor obra intitulada Assim falava Zaratustra, sem todavia ser um superhomem. Logicamente que ao falar em superhomem estava se referindo ao CRISTO. Não o Cristo das religiões dogmáticas e mortas, mas o CRISTO VIVO, o CRISTO GNÓSTICO,  o EU SOU ( Deus ) do Grande Mestre Gnóstico JESUS.  
Somente CRISTO é o SUPERHOMEM, porque somente DEUS converte o Homem em Superhomem. Os poderes super divinos estão no Cristo e não no homem, razão pela qual Jesus Cristo fazia curas, milagres, ressuscitava mortos, ressuscitando inclusive o seu próprio corpo físico depois de ser crucificado, morto e sepultado. Os poderes de Deus são loucuras para nós humanóides. 

Os poderes de Deus abre o mar, faz prodígios, ergue novas civilizações  e  faz milagres, ressuscita mortos e cria vida, planetas, sóis e produz Anjos, Deuses e Super-homens , mas também destrói o MAL e é por isso que existe o TEMPO e as INFRADIMENSÕES, para destruir as mentiras e enganações, as teorias intelectuais e a maldade humana que de nenhuma forma conseguirá propagar-se pelo cosmos infinito. 

O que não presta se destrói com o TEMPO, se acaba com o tempo; porém, aquele que conserva sua ALMA e mantém-se na VERDADE penetra majestoso na ETERNIDADE para se unir a genialidade do CRIADOR.

Em termos esotéricos, Nietzsche teve erros graves,  que é impossível ser negado. No uso, por exemplo, de suas terminologias inapropriadas, considerando-se não ter havido adulterações propositais de seus escritos e erros premeditados de tradução, cita indevidamente as palavras cristianismo, cristãos etc. em suas críticas teológicas, sem a mínima noção e ponderação de que ser cristão não é ser obrigatoriamente católico ou evangélico. Lembrando que os próprios apóstolos e discípulos de Jesus foram os primeiros cristãos   ( e não os católicos romanos  ) cujos fiéis discípulos se tornaram mestres, sábios e difusores do cristianismo gnóstico dos primeiros séculos. Sem eles, não existiriam os evangelhos, até porque os seus discípulos foram instruídos por Jesus Cristo durante  onze anos , após a sua ressurreição. Leia-se Pistis Sophia, o evangelho sagrado do cristianismo gnóstico primitivo. Jesus Cristo, após a sua ressurreição, instruiu seus discípulos sobre os mistérios da Divina Gnosis para depois saírem em suas missões internacionais, como um movimento de cristãos, que posteriormente ficou conhecido como CRISTIANISMO.   

E o que seria desta pobre humanidade, totalmente alheia a realidade de seu CRISTO ÍNTIMO SALVADOR? Isto nos arremete a pensar na presença de seus discípulos na Grécia, Roma, Capadócia,  Pérsia, Mesopotâmia, Egito, norte da África etc. Isso nos faz lembrar de  Pedro, Marcos, Lucas, Matheus, Santo André e demais apóstolos levando os ensinamentos do Cristo ao mundo; isso nos faz lembrar das oratórias de Paulo de Tarso em Roma, do apóstolo São João e seu apocalipse, em Sartunino de Antióquia, Tertuliano, Valentin, Basílides, Carpócrates, Clemente de Alexandria,  Santo Agostinho etc. etc. Estamos falando de cristãos gnósticos, de gnosticismo puro, de cristianismo primitivo e não de catolicismo romano. 


Mas para Nietzsche só Jesus Cristo era cristão e mais ninguém? Claro que não, isso é apenas força de expressão de Nietzsche para dar gravidade a um cristianismo decadente, santarrão, deturpado e subserviente em sua época, incluindo o protestantismo.
Entende-se que Nietzsche não era nenhum imbecil, de modo que é ser muito imbecil entender literalmente que somente Jesus Cristo foi cristão.

O fato do nome Nietzsche estar em voga nesta era final de satanismo explícito e de decadência de valores morais é devido a humanidade encontrar-se incrédula e satanizada, então usam o discurso 'anticristianista' ( ou seja, anticlesiástico ) de Nietzsche para fazer os incautos do meio acadêmico se contagiar de ateísmo filosófico. Mas, os gnósticos sabem que é muito mais salutar o catolicismo e o protestantismo do que o ateísmo.  Embora a Igreja de Roma ignore totalmente o ensinamento gnóstico do Cristo, por pertencer ao círculo exotérico, ao menos fomenta a devoção a Jesus Cristo e a Nossa Senhora em contraposição ao ateísmo repugnante dos inimigos declarados do Cristo, que cinicamente pegaram os escritos de Nietzsche para invertê-los e convertê-los em ateísmo, nazismo etc. etc. 

Nem tudo o que Nietzsche escreveu merece crédito, obviamente, devido as suas inumeráveis contradições. Seria já consequência de sua enfermidade mental? Haja visto que nem o evangelho de Paulo de Tarso ele entendeu, se nivelando a qualquer crente teólogo que ele tanto criticou, se é que foi ele mesmo quem escreveu todos aqueles absurdos ensurdecedores a respeito de Paulo de Tarso, principalmente um Paulo de Tarso que deu veracidade a ressurreição de Jesus Cristo para também nos recordar:

"Lembre-se que vossos corpos são o templo de DEUS VIVO e que o ALTÍSSIMO mora em vós" ( Paulo de Tarso )

Então para corrigir Nietzsche ou corrigir os seus escritos adulterados pelos satanistas,  vamos colocar aqui, para os estudantes gnósticos, algumas frases do Grande Mestre Gnóstico Samael Aun Weor a respeito de Paulo de Tarso, para que ninguém se deixe enganar:

"Escutame Amadísimos: Pablo de Tarso ( El Maestro Hilarión ), dice que necesitamos formar a Cristo en nosotros. Se hace necesario que nosotros comprendamos a fondo todo este proceso de la formación de Cristo en nosotros. Esto es lo que vamos a estudiar en este Mensaje". ( V.M. Samael Aun Weor )

"El Cristo Íntimo es lo que cuenta: él puede transformarnos totalmente, él adviene a nosotros cuando el ego ha muerto. Si uno se estudia cuidadosamente a Pablo de Tarso, veremos que rara vez alude al Cristo histórico. Cada vez que Pablo de Tarso habla sobre Jesus Cristo, se refiere al Jesus Cristo interior, al Jesus Cristo Íntimo, que debe surgir en el fondo de nuestro espíritu, de nuestra alma".
( V.M. Samael Aun Weor )

"Do intelectualismo sem espiritualidade surgem os velhacos, viva manifestação do Anticristo. Obviamente o velhaco é, em si mesmo e por si mesmo, o Anticristo. Desgraçadamente o mundo atual, com todas as suas tragédias e misérias, está governado pelo Anticristo. O estado caótico em que se encontra a humanidade atual se deve, indubitavelmente, ao Anticristo. O iníquo, de quem Paulo de Tarso falava em suas epístolas, é certamente um cru realismo destes tempos.
O iníquo já veio e se manifesta por toda parte, tem certamente o dom da ubiquidade. Discute nos cafés, faz negociações na ONU, senta-se comodamente em Genebra, realiza experimentos de laboratório, inventa bombas atômicas, foguetes teleguiados, gases asfixiantes, bombas bacteriológicas, etc., etc., etc. " ( V.M. Samael Aun Weor )

"El sentimiento de la "SEIDAD" ( El SER REAL ), sólo es posible disolviendo a todos esos "YOES" que en nuestro interior llevamos; antes, tal sentimiento resulta algo más que imposible. Desgraciadamente los adoradores del "YO" no aceptan esto; ellos se creen Dioses; piensan que ya poseen esos "Cuerpos Gloriosos" de que hablara Pablo de Tarso; suponen que el “YO" es Divino y no hay quien les quite tales absurdos de la cabeza. Uno no sabe qué hacer con tales gentes, se les explica y no entienden; siempre aferrados a las arenas sobre las cuales edificaron su casa; siempre metidos en sus dogmas, en sus caprichos, en sus necedades".
( V.M. Samael Aun Weor )

"Los Gnósticos somos hermanos en Cristo, porque logramos formar a Cristo dentro de nosotros, tal como nos lo enseña Pablo de Tarso en la Santa Biblia". ( V.M. Samael Aun Weor )




Cabe aqui também recordar aquela famoso texto de Paulo de Tarso contida na Bíblia conhecido como "A PREEMINÊNCIA DO AMOR ", cuja palavra AMOR foi substituída pela palavra CARIDADE em algumas Bíblias. Então vamos também escrever o texto bíblico na sua forma mais correta, para recordarmos sua sabedoria, porque Paulo de Tarso havia se transformado em um mestre da sabedoria:

Paulo de Tarso
"Ainda que eu falasse as língua do homens e dos anjos, se não tiver AMOR, sou como o bronze que soa, ou como o címbalo que retine. Mesmo que tivesse o dom da profecia, e conhecesse todos os mistérios e todas a ciência; mesmo que tivesse toda fé, a ponto de transportar montanhas, senão tiver AMOR, nada sou.
Ainda que repartisse todos os meus bens para dar de comer aos pobres, e entregasse meu corpo para ser queimado, senão tiver AMOR, de nada me aproveitará. O AMOR é paciente, o AMOR é benigno, o AMOR não tem inveja, não se ufana, não se ensoberbesse. O AMOR não faz nada indevido, não busca seus próprios interesses, não se irrita, não guarda rancor. Não se alegra com a injustiça, mas se rejubila da verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O AMOR nunca deixa de SER; porém as profecias se desaparecerão, e cessarão as línguas, e a ciência findará. Porque em parte conhecemos e em parte profetizamos; mas quando venha o PERFEITO, então o que é em parte se acabará. Quando eu era menino, falava como menino, pensava como menino, julgava como menino; mas quando me tornei homem, deixei o que era de menino. Agora vemos por espelho, obscuramente, mas então veremos cara a cara. Agora conheço em parte; porém então conhecerei como fui conhecido. E agora permanecem a FÉ, a ESPERANÇA e o AMOR, esses três, porém o maior deles é o AMOR". ( Paulo de Tarso )

Diante de uma sabedoria como esta é natural que surjam elementos que tentam construir algo que venha desmerecer Paulo de Tarso, que venha colocá-lo contra o Cristo etc. etc. Coisas de gente satânica na luta intensiva por destruir o cristianismo.

Veja que, paradoxalmente, o brilho da filosofia de Nietzsche, evidenciado em Assim Falava Zaratustra, desapareceu totalmente diante as visíveis contradições produzidas talvez pela doença mental que o comprometera durante anos, morrendo de paralisia cerebral.
A dicotomia e imprecisão das palavras de Nietzsche ( considerando que não haja erros premeditados de tradução ), de certa forma, acabou por atingir o cristianismo gnóstico do Mestre Jesus para o delírio da ignorância ateísta, satanista e demais anticristianistas, o que vem nos mostrar a maneira inapropriada e até irresponsável das críticas de Nietzsche quando usa termos inapropriados sem qualquer complemento claramente explicativo,  Ele, Nietzsche, escreveu um livro denominado O ANTICRISTO ( se é que foi ele quem escreveu ) sem saber todavia que passou a servir os propósitos do ANTICRISTO ao não ter combatido o ateísmo, dizendo ainda coisas como ( se é que foi ele quem escreveu ):

"Não nos enganemos: grandes intelectos são céticos. Zaratustra é um cético. A força e a liberdade que surgem do vigor e da plenitude intelectual se manifestam através do ceticismo". ( O Nietzsche dos ateístas )

Não se engane, isso é conversa de ateista intelectualóide, mas não do filósofo Nietzsche. Este livro de nome O ANTICRISTO é tão avesso e ateísta que existem indícios evidentes de não ser  Nietzsche quem escreveu, de tanta inversão de valores e palavras inapropriadas que dão mostras claras que no mínimo o livro foi adulterado ou traduzido propositalmente errado para poderem converter seus escritos em uma nova BÍBLIA DE ATEUS. Está mais para escrito de satanista do que para livro de filosofia, incontestavelmente.

Veja você os conceitos infantis sobre o que é BOM e MAU e sobre FELICIDADE escrito no livro  O ANTICRISTO e que em hipótese alguma tem correspondência com a filosofia dos sábios. Observe quanto impropério conceitual num só texto:

"0 que é bom? - Tudo que aumenta, no homem, a sensação de poder, a vontade de poder, o próprio poder.
O que é mau? - Tudo que se origina da fraqueza.
O que é felicidade? - A sensação de que o poder aumenta - de que uma
resistência foi superada. Não o contentamento, mas mais poder; não a paz a qualquer custo, mas a guerra; não a virtude, mas a eficiência.
Os fracos e os malogrados devem perecer: primeiro princípio de nossa caridade. E realmente deve-se ajudá-los nisso.
0 que é mais nocivo que qualquer vício? - A compaixão posta em prática em nome dos malogrados e dos fracos - o cristianismo..."( O Nietzsche dos ateístas )

Isso aí é com certeza texto de SATANISTA mas não de um filósofo. Observe que para Nietzsche, se é que foi ele quem escreveu estas ASNEIRAS,  define ignorantemente e infantilmente o que seria BOM e MAU para depois dizer que felicidade seria a sensação de que o poder aumenta, não o contentamento, mas mais poder, entre outros incríveis absurdos que está mais para SATANISMO do que para filosofia. 

A felicidade não está no poder e muito menos no dinheiro e sim em nosso SER, em nosso DEUS INTERNO. Feliz daquele que esteja unido ao seu SER. Isso nos faz  lembrar de uma pergunta que fizeram ao V.M. Samael Aun Weor que foi a seguinte:

Pergunta:
Mestre, disse a Mestra H.P.B. ( Helena Petrovna Blavatsky ) que a única maneira de não sofrer neste mundo é deixar de reencarnar. Que nos pode dizer a respeito?

V.M. Samael:
"Quero que vocês saibam, cavalheiros, que a felicidade absoluta somente é conseguida quando temos a Deus dentro. Poderíamos viver no Nirvana, o mundo da felicidade, mas, se não temos a Deus dentro, não seríamos felizes. Poderíamos deixar de reencarnar-nos e, se não temos a Deus dentro, tampouco seríamos felizes. Ainda que vivêssemos numa masmorra imunda, no meio das desgraças mais terríveis, ou estivéssemos nos mundos infernos, tendo a Deus dentro, seríamos infinitamente felizes. Não é demais recordar-lhes, amigos, que aí, nos mundos infernos, vivem alguns mestres de compaixão, trabalhando pelos decididamente perdidos, ajudando, auxiliando; porém, como têm a Deus dentro, são felizes".

Observe que esta conversa de que felicidade seria a sensação de que o poder aumenta é uma tremenda ASNEIRA. E por acaso Nietzsche tinha poderes para se sentir feliz, de acordo com o conceito de felicidade que inventaram em seu nome? Fora esses absurdos e contradições, existem outras mais, no mesmo livro, e que ficaríamos horas inteiras somente citando-os.  O cômico livro maldiz a moral socratiana , platoniana etc. e se opõem ao iniciado Paulo de Tarso devido o apóstolo Paulo dar veracidade a RESSURREIÇÃO de Cristo, já que o FORTE  aqui é Jesus Cristo por ter ressuscitado o seu próprio corpo físico. O Kabir da Galiléia possuía formidáveis poderes cognitivos, conseguindo inclusive imortalizar seu corpo físico, poderes esses que Nietzsche jamais obteve, obviamente, muito embora sua filosofia estivesse centrada no superhomem.

No livro vemos também absurdos como:

"Qual parte do cristianismo Maomé tomou emprestada mais tarde? A invenção de Paulo, sua técnica para estabelecer a tirania sacerdotal e organizar rebanhos: a crença na imortalidade da alma - isto é a doutrina do julgamento".( O Nietzsche dos ateístas )

Isso aí está parecendo frases feitas daqueles satanistas da SH de Nimrod de Rosário.  Em outras palavras, para o Nietzsche dos ateístas o Cristo não havia ressuscitado e a imortalidade da alma seria apenas uma crença. Veja você o absurdo! Se tem algo de imortal no ser humano é justamente a ALMA. Ora, Nietzsche fala em ETERNO RETORNO de todas as coisas e ASSIM FALAVA ZARATUSTRA e nega a imortalidade da alma? Observe que tremenda contradição! Ele acabou por contradizer a si mesmo e a LEI DO ETERNO RETORNO de que tanto pregava! Observe você caro amigo leitor como o livro O ANTICRISTO não foi escrito por Nietzsche.

É bom saber o leitor que, muito embora Nietzsche não tenha tido formação acadêmica em teologia e nem em Filosofia ( somente em Filologia ), de forma alguma aceitamos vê-lo criticando todo mundo para poder parecer que é o que sabe etc.   Critica absurdamente grandes filósofos e indiretamente os sábios cristãos num livro extremamente suspeito que dão sinais claros de que isso não foi escrito por Nietzshe. O livro em menção não tem nada de filosofia e sim de ateísmo ideológico e que foi escrito para transformar Nietzsche num ateísta servindo inclusive aos propósitos do ANTICRISTO.

Veja agora o que vemos escrito no mencionado livro:

"No cristianismo, nem a moral, nem a religião tem qualquer ponto de contato com a realidade. São oferecidas causas puramente imaginárias ( Deus , alma , eu , “espirito”, “livre arbitrio” - ou mesmo o não-livre”) e efeitos puramente imaginários ( pecado , salvação , graça , punição, remissão dos um intercurso entre seres irnaginários (“Deus”, “espíritos” , “almas”); pecados”). Uma história natural imaginária (antropocéntrica; uma negação total do conceito de causas naturais) ; uma psicologia imaginária (mal-entendidos sobre si, interpretações equivocadas de sentimentos gerais agradáveis ou desagradáveis, por exemplo, os estados do nervus sympathicus corn a ajuda da linguagem simbólica da idiossincrasia moral-religiosa - “arrependimento”, “peso na consciencia , tentaçao do demonio , a presença de Deus ); uma teleologia imaginária (o “reino de Deus”, “o juízo final”, a “vida eterna”). - Esse mundo puramente fictício, com muita desvantagem, se distingue do mundo dos sonhos; o último ao menos reflete a realidade, enquanto aquele falsifica, desvaloriza e nega a realidade.( O Nietzsche dos ateístas )

Isso tudo aí acima dão sinais inequívocos de que não foi escrito por Nietzsche. Observe você o monte de frases que vem entre parêntesis, inclusive as palavras "Deus", "espíritos", e "almas"  vem entre parêntesis dentro de uma frase já entre parêntesis, tal é a gana e o furor em induzir o pobre leitor enganado em pensar que Nietzsche era contra DEUS. Mas acontece que Nistzsche não era ateu porque acreditava no eterno retorno das almas, dizendo inclusive que retornará novamente para ensinar outra vez  a LEI DO ETERNO RETORNO DE TODAS AS COISAS, para também anunciar, outra vez aos homens, o superhomem.  
Conclui-se então que o livro O ANTICRISTO não foi escrito por Nietzshe e sim por ateístas ou mesmo por santanistas travestidos de militantes ateus. É claro que Nietzsche não era contra o cristianismo de Jesus Cristo e sim contra o falso cristianismo.

Vejamos mais frases que dão evidências de que o livro não foi escrito por Nietzsche:

"Nos ensinamentos de Buda o egoísmo é um dever".( O Nietzsche dos ateístas ) 

Observe você que  absurdo impressionante! E que filósofo escreveria uma asneira desta?  É gente que não entende nada do budismo de Buda, com toda certeza. E como é que se vai falar de budismo e cristianismo se não entendem nada de teologia? É simplesmente cômico ver ateus falando daquilo que  nem conhecem e ainda em nome de Nietzsche.

O livro O ANTICRISTO começa assim em seu prefácio:

"Este livro pertence aos homens mais raros. Talvez nenhum deles sequer esteja vivo. É possível que se encontrem entre aqueles que compreendem o meu 'Zaratustra'..."  ( Nietzsche )

Recordando que Zaratustra foi um profeta e sábio místico, a quem os gregos chamavam de Zoroastro.

Paradoxalmente, o exército de ateístas militantes, a semelhança dos nazistas e neonazistas, são os que se sentem esses homens mais raros dito por Nietzsche, mesmo Nietzsche tendo dito que TALVEZ NENHUM DESSES HOMENS RAROS SEQUER ESTEJA VIVO. Mas , eles os ateístas, sem saber nada de esoterismo,  se sentem esses homens raros dito por Nistezsche, inclusive os que mais teriam "compreendido" o  livro Assim Falava Zaratustra que é considerado por ele mesmo ( Nietzsche ) sua melhor obra.

Nietzsche falava como profeta em ASSIM FALAVA ZARATUSTRA.

Lembrando também que o profeta Zaratustra, a quem os gregos chamavam de Zoroastro, é um grande mestre cristificado da cultura Persa, o fundador do ZOROASTRISMO. Mas os inimigos do Cristo Zoroastro se apossaram do livro O Anticristo, se é que foi escrito por Nietzsche, para inclusive dispor para download em seus sites ateístas. 

Precisa ser muito ingênuo para, ao menos, não SUSPEITAR que o mencionado livro foi ALTERADO, ou mesmo INVENTADO, assim como outros livros.  Lembrando que o livro O ANTICRISTO foi editado somente depois da morte de Nietzsche ( 1944-1900 ) pela sua irmã historicamente conhecida por falsificar escritos de Nietzsche ( vamos falar sobre isso mais a frente ) e cujo mencionado livro foi ainda reeditado em 1956. A partir daí você conclui o resto... 

Esteja certo que este livro O ANTICRISTO não foi escrito por Nietzsche e sim por tipos satânicos em nome de Nietzsche.
É o que sempre tem acontecido: profetas, sábios, filósofos etc. deixam seus conhecimentos e os inimigos do Cristo se apossam de seus ensinamentos para alterá-los, distorcê-los e dar inversão aos ensinamentos, quando não ocultam e escrevem frases, textos e até livros com a assinatura falsificada de conhecidas personalidades da história. Depois quando são mostrados tais evidências dizem que é TEORIA DA CONSPIRAÇÃO, criando em seguida várias estórias fictícias visivelmente fantasiosas para assim fazer o público leitor ver teorias de conspiração por todos os lados, fazendo com que os leitores não acreditem em mais nada para assim seguirem controlados pelo intelecto brilhante do ANTICRISTO.
O leitor tem que entender que nós não estamos vivendo no PARAÍSO CELESTIAL e sim no planeta Terra, num mundo difícil abarrotado de problemas, conflitos, injustiças, fantasias, mentiras e enganações.
E se não enganam como é que iriam seguir escravizando e controlando a humanidade?

Não somente foram alterados os livros de Nietzsche como também ele teve GRAVES  ERROS em seu conhecimento. Fizeram a seguinte pergunta ao Mestre Samael Aun Weor:

PERGUNTA – Que opina você, Venerável Mestre, de Friedrich Nietzsche?
V.M. SAMAEL Em sua teoria do Super-Homem, a Nietzsche se lhe esqueceu chamar de Homem. Há necessidade de criar primeiro o Homem, pois o animal intelectual não é homem todavia. Nietzsche acreditou que o Homem existia e se equivocou. Obviamente, uma vez criado o Homem, se pode então falar em termos de Super-Homem, porém antes não.

PERGUNTA – Foi Nietzsche conhecedor das Ciências Herméticas?
V.M. SAMAELEm realidade, de verdade, Nietzsche sim conhecia as Ciências Herméticas, isso não podemos negar. Os símbolos que usa são herméticos: a águia, a serpente etc.

Um dos sinais mais claros que demonstra Nietzsche conhecer o esoterismo é o fato dele falar sobre o eterno retorno de todas as coisas

E disse mais, o V.M. Samael Aun Weor.

"Federico Nietzsche comete un error gravísimo, al hablarnos del superhombre. Dice en su obra, "Así hablaba Zaratustra": "Ha llegado la horadel Superhombre. El hombre es, para el Superhombre, lo que es el animal para el hombre: una dolorosa vergüenza, una carcajada, un sarcasmo, y nada más"... ¡Cuán equivocado estaba en esto. Nietzsche, hablándonos del superhombre cuando todavía ni siquiera ha nacido el hombre! Hitler siguió a Nietzsche, a la letra muerta; la mística de la Alemania de entonces, era la de Nietzsche. Por aquella época, cualquier policía, cualquier soldado se sentía un Superhombre. Nietzsche cometió un grave error, en hablar sobre el superhombre y en esos términos. Tal mística, no hay duda que sirvió de fundamento para la segunda guerra mundial. Este es el instante en que nosotros debemos ser analíticos y reflexionar profundamente. Si creemos que ya somos hombres, estamos muy equivocados. Para ser hombres, se necesita poseer un Cuerpo Astral, un Cuerpo Mental y un Cuerpo Causal, además del cuerpo físico". ( V.M. Samael Aun Weor )

O HOMEM VERDADEIRO é aquele que criou os corpos crísticos solares Astral, Mental e Causal ( os trajes de bodas da alma de que fala Jesus Cristo ), do contrário não se pode sair da condição de HUMANÓIDE porque nós humanóides ainda não conquistamos a condição de HOMEM senão apenas o de mamífero intelectual, tal como conceitua a ciência oficial quando define o HOMEM como um MAMÍFERO INTELECTUAL

Primeiro tem que nascer o HOMEM CELESTIAL ou NIRVÂNICO por ter criado seus corpos solares, depois quando a ALMA HUMANA SOLAR encarna o CRISTO então transforma-se em SUPERHOMEM e se converte em DEUS, porque somente CRISTO é DEUS.
O DEMIURGO DEUS CRIADOR DO UNIVERSO, DA VIDA E DO HOMEM SÃO DEUSES CRISTIFICADOS, SÃO DEUSES CRIADORES, são seres que se integraram com A SANTÍSSIMA TRINDADE PAI, FILHO ( Cristo ) e  ESPÍRITO SANTO e por isso são DEUSES


Ateísmos, satanismos e dogmatismos religiosos à parte, o homem nasceu para se transformar em DEUS que é quando a ALMA se integra totalmente com CRISTO-DEUS. Esse é o objetivo da CRIAÇÃO. E os mundos, os universos, sóis e galáxias só existem devido aos DEUSES CRIADORES. 

Em outras palavras, DEUS é DEUSES e DEUSES É DEUS. Estamos falando de seres superiores, de seres cristificados. Entenda que quem gerou conflito e discórdia entre DEUS E OS DEUSES foi a mente intelectualizante que ignora sobre a real natureza de Deus, a não ser o que esteja escrito estritamente em livros bíblicos etc., sem contudo saber interpretá-los além do sentido literal. Não esqueçamos que os sagrados livros estão repletos de alegorias, alquimia, kabala, metáforas e parábolas e Nietzsche também usou de alegorias em seu livro "ASSIM FALAVA ZARATUSTRA".

Esclarece o V.M. Samael Aun Weor, avatara da era de aquário:



"Primero hay que crear al hombre dentro de nosotros mismos y más tarde debemos crear dentro de nosotros mismos al Superhombre. El Superhombre es terriblemente divino, está más allá del bien y del mal. Federico Nietzsche, hablando sobre el Superhombre, dijo: "El hombre no es más que un puente tendido entre el animal y el Superhombre, un peligroso bache en el camino, un peligroso mirar atrás, todo en él es peligroso, ha llegado la hora del Superhombre". El Superhombre, en realidad de verdad, está más allá de todos los códigos morales. Bien sabemos que la moralidad es hija de las costumbres y de los tiempos; lo que en un tiempo fue "moral", en otra época es "inmoral"; lo que en un país puede ser "moral", en otro país no lo es. Así pues que, la moral es meramente convencional. Necesitamos una ética revolucionaria, necesitamos la ética del Superhombre". ( V.M. Samael Aun Weor )

Em outras palavras, a moral ou ética de que necessitamos é a moral do CRISTO e não a moral dos homens dogmáticos e fanáticos e muito menos dos homens sem moral alguma que nos levam a perversão, iniquidade e a libertinagem.

Mais esclarecimento de Samael Aun Weor sobre Nietzsche:

"Federico Nietzsche habla del Superhombre. Olvidó Federico Nietzsche que antes que el Superhombre resplandezca sobre la faz de la Tierra, debe nacer el hombre. Los antiguos Nahuas dijeron: "Los dioses crearon al hombre de madera y después de haberlo creado, lo fusionaron con la divinidad". Luego añade el Códice: "No todos los hombres logran fusionarse con la divinidad"... Obviamente, primero debe nacer el hombre, mediante la creación de los cuerpos existenciales superiores del SER; posteriormente, integrarse con la Divinidad. Cuando el hombre se integra con la Divinidad, nace el Superhombre. El Superhombre resplandece en la noche de los siglos, brilla sobre las cumbres majestuosas del Calvario, asombra a las gentes del Monte Nebo; se estremecen las Pirámides cuando escuchan su verbo; resuena maravillosamente, en las cátedras de Pitágoras; vibra, extraordinariamente, sobre las Pirámides de Egipto y de Yucatán; como un Sol hace resplandecer el Alto Cuzco del Perú. El Superhombre brilla por un instante y luego desaparece de entre las multitudes; el Superhombre está más allá del bien y del mal: conoce lo bueno de lo malo y lo malo de lo bueno". Al superhombre lo crucifican tres traidores: Judas, Pilatos y Caifás. Al superhombre lo odian tres clases de gentes: los escribas, los sacerdotes y los ancianos del templo. 
Los escribas, es decir, los intelectuales, le abominan porque no encaja dentro de sus dogmas, dentro de sus teorías; los sacerdotes lo excomulgan porque no cabe dentro de sus sectas; y por último, los ancianos le abominan porque se sale de sus viejas costumbres reaccionarias y conservadoras. 
El superhombre es terriblemente divino: empuña la espada de la justicia y
lucha contra las potencias del bien y del mal. 
El superhombre es un Pitágoras, el superhombre es un Hermes Trismegisto,
el tres veces grande dios Ibis de Thot; el superhombre es un Quetzalcóatl, que hace estremecer a los nahuas; el superhombre es un Jesús de Nazareth; el superhombre es un Manco Capac, que en la tierra de los incas origina la gran tempestad de todos los ideales, y también la fuerza que lleva su mensaje por los países del Sur. 
El superhombre, obviamente, tiene poder sobre los elementos: sobre el fuego
que flamea, sobre los aires que rugen como olas, y también sobre las aguas y la perfumada tierra. 
El superhombre, está por encima de todos los dogmas y de todos los exclusivismos, desenvaina la espada y combate contra sí mismo, contra todo y contra todos. Ha llegado la hora de que nosotros nos preparemos para el advenimiento del superhombre!" ( V.M. Samael Aun Weor )

As adulterações dos escritos de Nietzsche por sua irmã Elizabeth Foster, entre outros...

A história sabe que Elizabeth Foster, a irmã de Nietzsche, era casada com um líder anti-semita ( Bernhard Foster ) e que trabalhava para a causa nazi-fascista. Ela se apossou dos direitos autorais de Nietzsche quando ele ficou enfermo da mente com paralisia cerebral progressiva, manipulando seus escritos e falsificando inclusive cartas e escritos de Nietzsche de modo a forçar uma associação do pensamento nietzscheano com o nazi-fascismo devido a sua conhecida ideologia totalitarista, anti-semita e racista. No entanto, Nietzche era contra o anti-semitismo chegando a escrever à sua irmã, quando de seu noivado com Bernhard Foster, o seguinte :

Nietzsche
“Você cometeu uma das maiores estupidezas para si mesma e para mim! Sua associação com um chefe anti-semita expressa um desconhecimento ao meu modo de vida que me enche novamente e sempre com ira e melancolia … é uma questão de honra para mim estar absolutamente limpo e inequívoco em relação ao anti-semitismo, ou seja, em oposição, como eu sou na minha escrita. ” ( Nietzsche )

Só para se ter uma idéia, quando a irmã de Nietzsche morreu em 1935, compareceram ao seu funeral, graduados líderes nazistas anti-semitas, inclusive Hitler, já que necessitavam da filosofia do superhomem Nietzsheano que agora vinha com as adulterações e distorções intencionais providenciadas pela irmã de Nietzshe.   A partir daí, o pensamento Nietzsheano influenciou homens e bestas. 


Elisabeth Foster foi quem primeiramente falsificou os escritos de Nietzsche para ajudar a causa Nazista.


Até mesmo o filósofo Martin Heidegger (1889-1976), que teve certas ligações com o nacional-socialismo e o partido nazista, foi grandemente influenciado por Nietzsche, ou melhor dizendo, pelos textos forjados de sua irmã em nome de Nietzsche.

Ora se adulteraram escritos de Nietzsche com fins nazi-fascista, quanto mais os ateístas que dispõem para download livros digitais de Nietzsche tal como O ANTICRISTO etc.

Nós, os verdadeiros discípulos do V.M. Samael Aun Weor, sabemos que extraviados e infiltrados criaram peças teatrais e livros que o Mestre Samael Aun Weor nunca escreveu; assim como sabemos que criaram textos com a assinatura falsificada em nome do médico alemão e rosacruz Dr. Arnold Krumm-Heller e por que não iriam adulterar escritos de Nietzsche e mesmo criar  escritos em nome de Nietzsche depois de seu falecimento, ainda mais ele que sofria de uma enfermidade cerebral? Entenda que se não mentirem em nome de Mestres, Sábios e Filósofos não conseguem enganar as multidões e não enganando não conseguem fortalecer as suas ideologias ateístas, nazistas, satanistas, anticristianistas etc. etc.

Qualquer estudioso idôneo em filosofia sabe que o legado filosófico e espiritual de Nietzsche não tem ligação alguma com o nazismo, muito menos com o ateísmo. O nazismo é anti-semita então como pode a filosofia Nietzsheriana ter ligação com o nazismo? Anti-semitas são os neonazistas e satanistas mas não Nietzsche.

É para você entender que a MENTIRA, nesse nosso mundo, se esforça por transformá-la em "VERDADE" através de seus agentes conspiradores, sejam eles conscientes ou inconscientes. As pessoas se lançam às lutas políticas e as guerras nefastas com bases em MENTIRAS CONSTRUÍDAS e em DOGMAS FABRICADOS que sempre se apresentam como "VERDADES" incontestáveis, para depois serem tomadas como causas ideológicas à serem seguidas e divulgadas. E quem conseguiria sair desta teia de tramas intelectualmente elaboradas? Somente quem tem consciência para conseguir ver que caiu-se numa trama intelectual fantasiosa e enganosa.
É oportuno aclarar também aos nossos leitores que os Protocolos dos Sábio de Sião foram feitos por uma cúpula, mas não pelo povo judeu, de forma que ficar contra todo um povo é o ápce da ignorância e Hitler com sua doutrina Nazi estava nesse ápce, no ápce da ignorância, autoenganado ainda de que seria avatar, superhomem etc., transformando-se em um tipo claramente paranóico.

Deus não pode se tornar conhecido, enquanto não se chegue a condição de Cristo, ou seja, na condição de superhomem.  Wotan, Beleno, Thor,  Hércules, Perseu, Vishnu, Quetzalcoalt, Chochmah etc., nas diferentes mitologias da antiguidade  dizem respeito ao CRISTO, que sempre esteve presente em todas as grandes religiões e culturas de nosso mundo, como viva expressão do superhomem. O superhomem são os DEUSES, os Elohim, o DEMURGO que os satanistas tanto combatem por eles serem contra o CRISTO.

A filosofia de Nietzsche é difícil de entender se o indivíduo não tenha nenhuma noção de esoterismo cristão gnóstico e, devido a isso, o que aconteceu é que os oportunistas pegaram a filosofia de Nietzsche, adulteraram-na e interpreram-na INVERTIDAMENTE de modo a adaptá-la aos seus interesses pessoais e causas ideológicas neonazistas, satanistas, ateístas etc. etc., principalmente os satanistas pertencentes a seita nazista SH ( "Sabedoria" Hiperbórea ) que de Gnose não tem absolutamente nada e muito menos a ver com a raça hiperbórea.

Devido a tudo isso, é muito óbvio que nenhum gnóstico de Samael Aun Weor curte página sobre Nietzsche, Gurdjieff e vários outros filósofos e iniciados devido aos seus GRAVES ERROS. Só os infiltrados é que curtem sites, frases e paginas referentes a Nietzsche, Gurdjieff etc., inclusive exibem fotos de Nietzsche em seus álbuns de fotos. Fuja deles são tipos que DISSIMULAM serem da Gnose de Samael.

Veja mais em:
Lista de Grupos que dissimulam serem da Gnose de Samael ( lista em construção ):




Wagner e Nietzsche



É bom lembrar que a filosofia de Niezsche teve forte influência das obras musicais de Richard Wagner, que foi o grande músico criador de  óperas e , entre elas a monumental obra esotérica Parsifal baseada no Santo Graal. Leia-se PARSIFAL DESVELADO de Samael Aun Weor.






"Penetrar nesse ocultismo arcaico, conhecer os mistérios crísticos, examinar o budismo esotérico contido neste evangelho wagneriano, é o que pretendemos neste livro".( Do livro PARSIVAL DESVELADO de Samael Aun Weor )


"Ressalta, com absoluta clareza, que Wagner foi um grande iniciado, um

esoterista profundo, um autêntico iluminado. No Parsifal de Wagner existe ciência, filosofia, arte e religião.  Muitos falsos esoteristas irão escandalizar-se com as nossas revelações. Inúmeros equivocados sinceros, repletos de boas intenções, rasgarão indignados as suas vestimentas e falarão contra os gnósticos. É o que o Parsifal sempre provoca: acirradas discussões. É que os filhos das trevas se aborrecem com a luz"( V.M. Samael Aun Weor )


Wagner foi um músico que deixou muitas impresões esotéricas em suas obras musicais e que não tem nada a ver com o catolicismo romano criticado por Nietzsche.  Distinguamos a Divina Gnosis de Jesus Cristo de igreja católica apostólica romana, distinção esta que Nietzsche pouco soube fazer ao ficar criticando  o CRISTIANISMO e os CRISTÃOS de forma generalizada, por isso é que Nietzsche ficou contraditório e sozinho, para depois usarem seu "anticristianismo" generalizante a favor do ateísmo, nazismo, satanismo etc. 

Nós gnósticos de Samael somos muito mais Richard Wagner do que Nietzsche, disparadamente. Se Nietzsche ficou mesmo contra o cristão Richard Wagner, se isso for realmente verdade, se deve a alguma razão pessoal secreta que ele não quis confessar publicamente, até porque o evangelho wagneriano Parsifal ressoava magistralmente no teatro de Bayreuth feito para exibir a sua magna obra, entre outras magníficas obras wagnerianas.



 
Lembrando que Parsifal era exibido somente no teatro de Bayreuth idealizado inclusive por Wagner. Os iniciados ( os verdadeiros ) sabem que Richard Wagner possuía muito mais conhecimento esotérico do que Nietzsche.



 Richard Wagner não era anti-semita




Richard Wagner
Wagner não era anti-semita e tampouco tem relação com Hitler e o nazismo, obviamente, até porque Wagner morreu em 1813, em Veneza e Hitler nasceu em 1889, na Áustria.


Anti-semitismo significa ódio aos judeus. Anti-semitismo significa aversão a cultura, a moral e a religião dos judeus. O termo “anti-semita” é completamente errôneo, visto que hebreus,  árabes, assírios , fenícios, arameus etc. também são “semitas”, por serem descendentes de Sem,o filho mais velho de Noé, segundo a etimologia da palavra SEMITA. Mudaram até a palavra anti-semita para antissemita para poderem corrigir tão notório erro, já que foi criado na Alemanha o sentimento de que os judeus eram os responsáveis pelos males ocorridos no país, dizendo ainda que os judeus eram inferiores aos arianos, tanto moralmente quanto fisicamente e todas aquelas ESTÓRIAS de raça pura ariana criada pelos pseudo-esoteristas para assim poderem gerar conflitos e dar base a doutrina Nazi do sanguinário ditador Hitler


Esta conversa de que Wagner era um 'pró nazista' vem de gente que quer fazer a cabeça das pessoas desavisadas através de suas elucubrações intelectualizantes. O fato de Hitler apreciar as obras musicais de Wagner não faz de Wagner nenhum nazista, é claro, e muito menos um antissemita. Não é porque uma pessoa é cristã que seja um antessemita, obviamente. Como pode um cristão ser anti-semita, ou seja, ser contra o próprio Cristo Jesus que era de raça judia?

Se Wagner fosse um anti-semita deixaria ao menos algum vestígio disso em suas ÓPERAS; no entanto, não se vê nada disso em suas obras musicais. Além do mais, possuía vários amigos judeus. Wagner poderia ser sim contra uma cúpula judaísta nacionalista que queria dominar a Alemanha, mas não que era contra a raça judia. E por quê Wagner teria ódio de um povo que foi agraciado pela Kabala Hebraica, pelo Antigo Testamento e pela sabedoria espiritual de Moisés e demais profetas? É mais fácil Wagner ser contra o ateísmo do que contra toda uma raça judia, até porque Wagner também acreditava em Deus. Não existe esoterista que não acredite em Deus, só se for satanista disfarçado de esoterista.


Como homem culto e autêntico esoterista, Wagner foi, obviamente, contra a crucificação do Cristo Jesus articulada por uma cúpula judia, mas não que era um anti-semita, ou seja, Wagner não possuía ódio a toda raça judía etc. Isso de anti-semitismo é ignorância, é postura de nazista, racista, pseudo-esoterista, satanista etc. , mas não de um iniciado tal como Richard Wagner.



Deus não tem preferência por raça, sexo, casta e cor e sim por aqueles que o buscam em seu interior. O que tem importância para Deus não é a raça e sim a ALMA que habita o corpo físico de qualquer raça ( seja ela qual for ), desde que, por certo, tenha-se ainda algo de Essência/Alma por não ter sido ainda degenerado totalmente neste mundo. Além do mais é a Essência ou Alma que nos faz verdadeiramente amar e buscar a DEUS. Nós todos estamos dentro do círculo do TEMPO  e o tempo acabará com todas as raças sejam elas branca, amarela, negra, vermelha etc. O que entra na ETERNIDADE não é o CORPO ou a RAÇA e sim a ALMA e o ESPÍRITO DO SER. Isso de raças são bobagens, estórias infundadas, coisas que passam, coisas do tempo. Não tem nenhuma importância para Deus, só para a imbecilidade racista. Quem quer ser imbecil que então siga líderes racistas, neonazistas e demais correntes fundamentalistas que gozam de sentirem-se superiores aos outros; que necessitam personificarem-se no racismo, materialismo etc. para poderem se sentir importantes e superiores aos demais.

Isso tudo é ilusão e profunda ignorância, não tem qualquer valor. É sonho que se tem que desintegrar para poder despertar a consciência. É necessário eliminar o eu do orgulho para acabar com estas bobagens de racismo, fascismo, nazismo, nacionalismo, bairrismo, machismo, feminismo etc. etc. etc. e que só tem produzido torpeza, conflitos e dor no mundo.



AS AÇÕES OCULTAS DO ANTICRISTO



Existe uma intenção evidente de transformar Nietzsche, Richard Wagner etc. em PRÓ NAZISTAS assim como quando dizem que Leonardo da Vinci, Michelângelo, Sócrates, Platão, Shakespeare, Julio César etc. etc. teriam sido homossexuais. As mentiras são tão eloquentes que chegam a dizer que Kundry e Klingsor em Parsifal, seriam personagens anti-semitas feitos por Wagner.

Isso tudo são mentiras, obviamente; são elucubrações intelectuais que se esgrimam no intenso e premeditado de desejo de forçar uma associação de gênios da humanidade com o anti-semitismo, racismo, ateísmo, nazismo, satanismo, homossexualismo, veganismo, fanatismo etc. etc. de modo a valorizar e fomentar tais correntes extremistas.


Existem elucubrações intelectuais  que editam em revistas, jornais, tvs, web etc. afirmando que  os Protocolos dos Sábios de Sião seriam uma fraude, uma teoria da conspiração para você não pensar em conspiração e controle da humanidade; existem especulações premeditadas dizendo que o Cristo seria uma invenção e plágio do paganismo segundo o aque afirmam os fanáticos ateus do Movimento Zeitgeist. Os intelectuais ateus da mídia televisiva chegam a dizer que o SANTO SUDÁRIO seria impressões de Leonardo da Vinci e não do Cristo Jesus e todas aquelas explicações tendenciosamente ateístas que vem exibindo nos programas da Discovery, National Geografic e afins, cujos canais céticos existem para isso: para tentar desacreditar a DEIDADE e os fenômenos inexplicáveis que tanto aborrecem os evolucionistas, então eles necessitam inventar ESTÓRIAS para desviar as pessoas do conhecimento e da verdade.

É o que se vê agora naquela série Alienígenas do Passado exibida pela History Channel, onde chegaram  até mesmo duplicar e sobrepor as imagens de uma obra de Leonardo da Vinci forçando parecer ser uma imagem de "extraterrestre" dito reptiliano, numa estratégia de pura indução com o objetivo evidente de fazer o pobre leitor começar a ver monstros reptóides em todos lugares, até mesmo nas obras de Leonardo da Vinci ( como se extraterrestres fossem ainda monstros e répteis ) para depois dizerem que seria conspiração de Leonardo Da Vinci. O mundo intelectualizante virou um palco de MENTIRAS INTELECTUALMENTE CONSTRUÍDAS com o objetivo de transformá-las em "verdades", tal como acontece com a origem da vida, com a antropogênese da ciência materialista, com a teoria da evolução das espécies que depois se transformaram em DOGMA para ser ensinado como "verdade" nas escolas, no sentido evidente de infundir ateísmo, haja visto que desde as civilização antigas aprendemos que o homem, a vida e o universo foram criados por DEUS ou pelos DEUSES.



O bom observador, poderá também notar que existe um esforço satânico para fazer a humanidade ficar contra os judeus, os cristãos e os muçulmanos, para assim fazer as almas enganadas ficarem contra o Antigo Testamento, o Novo Testamento e o Alcorão, ou seja, fazer as pessoas ficarem contra as palavras de DEUS inseridas nestas escrituras e é por isso que adulteraram o Antigo Testamento e esconderam os evangelhos ditos "apócrifos"; e é por isso que criaram a inquisição para queimar pessoas em nome do Cristo; é por isso que fizeram cruzadas e guerras religiosas para gerar conflitos e desacreditar as religiões para também praticarem indulgências, comércio, fanatismo, terror etc., tudo em nome de Deus. E com estas práticas satânicas é como conseguem depreciar os livros bíblicos e o nome das Divindades. O fato de existir o fanatismo, racismo, terrorismo e demais correntes fundamentalistas é para depreciar as doutrinas deixadas pelos grandes mestres e profetas. Mas isso tudo não tem nada a ver com DEUS e os PROFETAS, obviamente, e sim com uma inteligência satânica que conspira contra Deus e o que é pior em nome de Deus, de Alá, Cristo, Jeová etc. etc.



Isso nos faz recordar de uma GRAVURA SATANISTA muito divulgada pelos adeptos do satanismo, conforme figura ao lado, e que para o bom entendedor não necessita de mais palavras, pois a imagem já diz tudo.





Observe que a BESTA 666 de dois cornos ( o ANTICRISTO ) usa o Cristo como pedra de estilingue para atacar  a  própria doutrina cristã sob risos e festas de víboras da mente humana que se introduzem nas religiões para destruir o nome de Deus. É que eles se sentem "os fortes" enganando a humanidade. Eles se sentem super inteligentes e geniais por controlar a humanidade.  Uma humanidade , diga-se de passagem, que cultua o satanismo através da música satânica do rock in rol etc. e que ainda é televisionado para o grande público como se fosse a melhor das músicas para depois dizerem que é tudo para um mundo melhor. Uma humanidade que não se rebela contra as drogas e que quer fazer do vício meio de 'libertação' tal é a lavagem cerebral e que futuramente vai ser legalizada globalmente, resultado da incapacidade dos governos em deter esse grande flagelo que está sendo livremente divulgado e destruindo a humanidade. Até as igrejas estão cantando em "louvor" a Deus sob o rítimo infernal do rock in roll para depois vender CDS em seus shoppings religiosos. Parece que a BESTA  666 está massificando os incautos com suas músicas, literaturas e falsas doutrinas, com sua filosofia intelectualizante, com sua arte inferior e louca , com a cultura degenerada dita "contemporânea e moderna" para seduzir as pessoas e seguir controlando nossa pobre humanidade doente, sem qualquer manifestação contrária por parte da mídia, da ciência, da educação e cultura, muito pelo contrário.



Recentemente foi feito no Brasil uma exposição de arte de nome Exposição Queermuseu no Santander Cultural em Porto Alegre(RS) onde havia óstias com palavras obscenas, sexo pornográfico, sexo a três e até pinturas de zoofilia apresentadas como "arte", sob o apoio dos curas intelectualóides relacionados ao evento.



Leia mais em:




Realmente temos que concordar que quando Nietzsche diz que Deus está morto é porque nós o matamos mesmo.



Vejamos a famosa frase de Nietzshe que diz:



Deus está morto! Deus permanece morto! E quem o matou fomos nós! Como haveremos de nos consolar, nós os algozes dos algozes? O que o mundo possuiu, até agora, de mais sagrado e mais poderoso sucumbiu exangue aos golpes das nossas lâminas. Quem nos limpará desse sangue? Qual a água que nos lavará?..."
"...Não teremos de nos tornar nós próprios deuses, para parecermos apenas dignos DELE?" ( Nietzsche )



Veja que Nietzsche diz que, para sermos dígno de Deus, temos que nos tornar DEUSES. Acredito que depois disso já não é preciso dizer mais nada, pois Nietzsche já o disse.    

Não há mais necessidade,  portanto, de dizer que Nietzshe não era ateu, muito pelo contrário, até porque entende-se perfeitamente que quem mata a Deus não é somente a ignorância dos oportunistas como instituição religiosa meramente intelectiva, mas o cientificismo ateu, então necessitamos reduzir as cinzas o pensamento ateu dentro de nós mesmos, para que nossa cultura tenha um novo contorno científico, artístico, cultural e espiritual, fora dos padrões dogmáticos impostos pela ciência dos ateístas e pelas religiões decadentes dos oportunistas.



Nietzsche diz que para sermos dígno de Deus, temos que nos tornar DEUSES, todavia, para sermos DEUSES temos que integrar-nos com o CRISTO, com o LOGOS, tal como fez Jesus Cristo, Zoroastro, Hermes Trismegistus, Pitágoras, Dante Aleghieri, Buda, Quetzalcoatl etc. etc. Então, neste sentido, Nietzsche estava certo, muito embora Nietzsche não fora nenhum superhomem, por estar muito aquem do superhomem.



É PRECISO FICAR ALERTA COMO SENTINELA EM ÉPOCA DE GUERRA, dizia-nos o V.M. Samael Aun Weor.



FIQUEMOS ALERTA!

Gnose Samael Gnosis Gnósticos
.