Lembre-se!

.
“Os fariseus e os escribas tomaram as CHAVES DA GNOSIS. Eles não entraram e nem deixaram entrar aqueles que queriam entrar. Vós, no entanto, sede sábios como a serpente e manso como as pombas”
( JESUS CRISTO – Evangelho de São Tomé )

"Seguramente, cada um que receba um Mistério do Reino da Luz, irá e herdará até à Região na qual recebeu Mistérios. Porém, não conhecerá ... a Gnose do Universo e porque é que tudo isto surgiu a menos que conheça a UNA e Única Palavra do Inefável que é a Gnose do Universo. ..... E de novo vos digo abertamente: EU SOU A GNOSE DO UNIVERSO"
.
...... ( Jesus Cristo em Pistis Sophia, o livro sagrado dos cristãos gnósticos )

.

As Chaves da Gnosis

As Chaves da Gnosis
.
.

Sobre Clara Chaves; Comprove aqui a Grande Mentira!

.
Estão dizendo ainda que Samael adulterou;   
OUTRA GRANDE MENTIRA! 
( Abril/2012 )

Este tópico destina-se a esclarecer sobre o Karma do adultério que temos que quitar e vamos esclarecer nas palavras do V.M. Rabolú, que é um JUIZ DA LEI DIVINA que estava REENCARNADO e que, portanto, tem mais autoridade esotérica para explicar sobre o assunto. 

Neste tópico estamos também DESMENTINDO todas as ESTORIAS que os EXTRAVIADOS andaram contando e que não possui nenhuma realidade.

ESTÓRIA significa fábula, ficção, história fantasiosa, história que não tem nenhuma realidade, por se tratar de coisa inventada.

É preciso ficar atento aos DISSE-QUE-DISSES de extraviados e infiltrados em suas estorinhas sobre as secretarias, as filadelfias, as Claras Chaves, entre outros nomes que andaram inventando em todas estas historietas contraditórias, desencontradas e inventadas. As invenções é tão fértil e variadas que teve um outro que chegou a dizer que a chamada "enterradora" era a filha de um secretário do Mestre Samael. É só para você ter uma ideia das VARIEDADES DE MENTIRAS que andaram dizendo sobre esse mesmo assunto e que não tem a menor realidade em todas estas historietas visivelmente absurdas e mentirosas.

Os gnósticos ( os verdadeiros ) sabem que o V.M. Samael Aun Weor teve que tomar um nova dama-sacerdotisa nas dimensões superiores por ordem da Justiça Superior Divina, conforme esclarecido pelo V.M. Rabolú que, repetimos, é Mestre da Justiça, um dos 42 juízes da Lei Divina, REENCARNADO. No entanto, esta informação era hermética e que, por ordem superior divina, não poderia ser passado ao mundo físico, para absolutamente ninguém... Esta informação ( interna ) estava oculta inclusive para dona Arnolda( bothisatwa caída da Mestre Litelantes ), esposa de Samael, que tinha acesso consciente ao mundo astral superior, mas que, em sua condição humana, não estava preparada internamente para saber desta informação. 

Assim como na terra existe o TRIBUNAL DA JUSTIÇA HUMANA, também nos mundos superiores existe o Tribunal da Justiça Divina, conhecido como Tribunal do Karma. No entanto, a bothisatwa da Mestra Litelantes ( dona Arnolda ) acabou por intuir parcialmente o que os juízes haviam decidido no Tribunal da Lei Divina e a informação veio, fatidicamente, ao mundo físico e ainda de forma completamente irreal, já que os TRAIDORES passaram a dizer que foi adultério de Samael.

Para entendermos  bem esta questão, vamos primeiramente compreender o que é ADULTÉRIO. O adultério se dá quando uma pessoa se une sexualmente com outra mulher ( e vice-versa  ), sem que antes tenha havido a separação de corpos.  O adultério é um dos piores pecados humanos perante a LEI DIVINA e este Karma temos que pagar com dor, pois é um karma inegociável. Lembremos o que foi dito: Todos os pecados serão perdoados menos o pecado contra o Espiríto Santo.

Vamos conhecer melhor toda esta questão nas palavras do V.M. Rabolú.

Pergunta:
"Quando uma pessoa quer transmutar, e o seu cônjuge está com problemas de adultério, álcool, drogas, etc., o que deve fazer a pessoa?"

V.M. Rabolú:
“Sabe-se que o adultério rompe os laços do matrimônio perante as Jerarquias, perante a Grande Lei, ficam rompidos, totalmente, os laços. Nesses casos, um dos dois deve definir a situação, ou se separam, ou a pessoa que está adulterando se corrige definitivamente, mas se continuam com este tipo de vida, a outra pessoa vai carregar, não só o Karma do adultério, mas também, o karma das outras pessoas mescladas no adultério. O mais aconselhável, nesses casos, é a separação, porque a outra pessoa teria que ter muita coragem, para conseguir superar essa situação de adultério. Esse Karma do adultério terá que ser pago ao final. É o pecado contra o Espírito Santo. As Hierarquias, a Grande Lei, cobram este Karma no final; é o último karma a ser cobrado.

Quando o iniciado vai dar o último passo, aí aparece o Karma contra o Espírito Santo, que se tem que pagar aqui e agora, ou seja com o seu corpo físico. O que acontece? Chegará o momento em que este Grande Mestre quer dar o importante passo, o último passo para chegar ao final, e bem nesse período é que a esposa não ajudá-lo com a transmutação, ou não quer, ou se rebela, ou ela fica incapacitada por qualquer forma. Aí o Mestre não pode conseguir outra mulher e tem que aguentar até o Karma se cumprir. Isto não tem um prazo definido, dependendo de cada caso, de cada pessoa, segundo o abuso aqui no mundo físico nas diferentes existências, assim lhe prolongam o sofrimento, de acordo com o Karma.

Observem vocês, como o V.M. Samael, quanta amargura e sofrimento passou, pagando esse Karma. Permaneceu SEIS ANOS com mulher, mas na realidade sem mulher e sem opção de arrumar outra. Esse tema eu queria esclarecer aqui, porque conheço o caso muito bem, e também porque os TRAIDORES, os inimigos se basearam nisso para difamar o Mestre e tratá-lo de adúltero.

Eu, como Juiz do Karma, fui testemunha presente em todos os debates que foram feitos no Tribunal da Justiça Cósmica, referente ao caso do V.M. Samael. Não foi um só debate, foram muitos debates, ao final dos quais, ordenou-se ao Mestre que casasse de novo, porque já tinha SEIS ANOS DE SEPARAÇÃO DE CORPOS com sua esposa, com dona Arnolda"... ( V.M. Rabolú Mestre da lei da justiça reencarnado e que foi anunciado pelo Mestre Samael à toda comunidade gnóstica  internacional ). 

Muitos boatos surgiram sobre esta questão da outra mulher que o Mestre Samael teve que tomar nas dimensões superiores, por ORDEM DA JUSTIÇA DIVINA, pois havia de concluir a SEGUNDA MONTANHA, conhecido esotericamente como a Montanha da Ressurreição.

Depois de tanta boataria mentiras e disse-que-disses, o V.M. Rabolú esclareceu tudo, e segundo a explicação que deu o V.M. Rabolú, a Dona Arnolda( bothisatwa da V.M. Litelantes ) estava impossibilitada de praticar magia sexual, e que ambos, Samael e Arnolda , estavam separados de corpos, ou seja, não havia mais qualquer contato sexual entre o casal, embora continuassem a viver juntos.

Esta separação de corpos prolongou-se durante seis anos, até que os JUÍZES DO KARMA ordenaram o Mestre a tomar uma nova mulher ( a Enterradora, como se diz esotericamente ), para continuar sua obra esotérica interna, pois Samael teria que concluir a Segunda Montanha, de todas as maneiras

Para quem não sabe o caminho esotérico que nos conduz a cristificação total, é constituído de TRÊS MONTANHAS: A Montanha da Iniciação ( 1ª Montanha ), a Montanha da Ressurreição ( 2ª Montanha ) e a Montanha da Ascensão ( 3ª Montanha ) - Ver livro "As Três Montanhas" de Samael Aun Weor.

Entende-se aqui que, no caso do Mestre Samael, por ser ele o Avatara da Era de Aquário, entre outras razões que desconhecemos, não poderia deixar de terminar a Segunda Montanha. Uma causa superior divina que requer maior poder e responsabilidade, jamais pode ficar submetida a uma causa humana passageira, de forma que teve que tomar uma nova sacerdotisa nos mundos superiores  para concluir a SEGUNDA MONTANHA. Uma situação especial e rara.

DAKINIS; as sacedotizas dos mundos superiores, que podem ajudar a um iniciado na prática de alquimia sexual, na condição de uma CONDUTA RETA.

O gnóstico mais atento sabe que o Mestre Samael não necessitaria, de forma alguma, continuar sua obra de alquimia sexual no mundo físico, pois existem damas-sacerdotisas como as DAKINIS, por exemplo, que são mulheres pertencentes a TEMPLOS SUPERIORES e que podem assumir o compromisso de cooperar sexualmente com o iniciado nas dimensões superiores, segundo a autorização da Lei Divina, para quem esteja eliminando o ego e quer realizar a GRANDE OBRA.

Sobre as Dakinis, vejamos o que disse o Mestre Samael a respeito:

"Os Iniciados que não têm mulher, se marcham pelo caminho reto, podem praticar MAGIA SEXUAL para despertar o Fogo Sagrado, com uma dessas senhoras que viajam por entre as nuvens, tais damas se chamam "DAKINIS".
Os textos Tibetanos dedicam considerável espaço a fazer seu elogio e descobrir sua beleza e a graça de suas formas. Representam-nas como uma formosa contestura, pele rubi, rosto amável e pensativo, olhos e unhas vermelhas, e se diz que exalam uma tênue fragrância do capullo do loto. As mulheres que não têm varão, não devem se preocupar por isso, a seu tempo, se não conseguem varão, recebem por esposo a um DEVA da natureza e então praticarão com ele MAGIA SEXUAL ( Branca ) para despertar a KUNDALINI ou Fogo Sagrado que sempre nos confere mágicos poderes".( V.M. Samael Aun Weor )

Aqui outra explicação. Fizeram a seguinte pergunta ao Mestre Samael:

Pergunta:
"Venerável Mestre, eu tenho entendido que o único processo de realização é através dos Três Fa­tores da Revolução da Consciência; aqui e agora; mas, alguém propõe que poderia-se trabalhar no Maithuna, um homem em seu corpo físico em qual­quer circunstância, e uma dama em estado astral. Pode-nos dar um ensino concreto a esse respeito?"

V.M. Samael:
"Bom no tibete fala-se muito das Dakinis, e alguns monges que no mundo físico não têm esposa-sacerdotisa, se têm desposado com Dakinis: senhoras que andam pelas nuvens, se diz. Estranhas senhoras, por certo! Não?, Que voam pelas nuvens; essas são as Dakinis, são certas criaturas muito especiais".

Pergunta:
"Elas vivem no astral?"

V.M. Samael:
"Bom, vivem no astral ( 5° dimensão superior ), e no mental ( também na 5° dimensão  superior ), e no causal ( 6° dimensão ), e em todas partes. Obviamente, aqueles mon­ges têm-se desposado com elas, têm real­izado todo seu trabalho esotérico com elas, têm trabalhado na Nona Esfera com elas.
A sua vez, mulheres de certa categoria espiritual, têm podido desposar-se com Devas, e trabalhar na Nona Esfera com Devas, sem necessidade de ter um homem de carne e osso.
De maneira que então, isso é possível. Mas é possível para aquelas gentes que realmente é muito pouco o ego que têm, já
Para que uma mulher tenha a alta honra de desposar-se com um Deva, pois, obviamente tem que ter um gra­u de pureza tremendo, não? Ter destruído muito do ego. Só assim poderia receber um Deva por marido.
Para que um homem possa receber por sacerdotisa uma Dakini, tem que se ter purificado muito, ter eliminado muitíssimos agregados psíquicos".

Ora, se um iniciado pode ganhar uma DAKINI, no mundo astral para com ela praticar magia sexual e despertar a Kundalini, quanto mais um Mestre de Segunda Montanha e Avatar da Era de Aquário? É claro que o Mestre Samael continuou seu trabalho de alquimia sexual nos mundos superiores com uma dama-adepto, tal como uma Dakini, por exemplo.

É preciso saber que o Mestre Samael viveu com sua esposa e filhos até o fim de sua vida. Estas ESTÓRIAS ( ESTÓRIA significa fábula, ficção, história fantasiosa inventada ) de que ele vivia simultaneamente com a tal da "secretária" vem dos oportunistas e mitômanos com a ideia, de no futuro, poderem trocar de esposa, ou trocar de "vaso quebrado", como se diz esotericamente...

Se o Mestre tivesse que tomar uma esposa aqui no mundo físico, ele primeiramente se divorciaria de dona Arnolda, ficaria no mínimo um ano separado, sem qualquer contato sexual com ninguém ( E o mestre ficou seis anos sem contato sexual ), antes de tomar uma nova mulher e daria um esclarecimento a comunidade gnóstica internacional do motivo de sua separação, explicando sobre o karma do adultério, o problema do "vaso quebrado" e o direito tanto do homem quanto da mulher, nestas situações especiais, de poder, por lei civil, pedir a CARTA DE DIVÓRCIO. Toda esta explicação e procedimento teria sido muito bem aceito e com muito mais naturalidade do que se aceita hoje com todas estas ESTORINHAS NOVELESCAS completamente irresponsáveis e inconsequentes que andaram contando por aí.

É preciso deixar muito claro que o Mestre Samael tomou outra mulher por ordem superior da Justiça Divina ( mais a frente veremos todo o relato do V.M. Rabolú ) para concluir sua obra esotérica de SEGUNDA MONTANHA e a nova mulher pertencia as dimensões superiores, obviamente.

Ele como Avatara da Era de Aquário e como Mestre muito especial, teve que concluir sua obra esotérica que tem dependência total do Arcano AZF e o fez por ordem superior da JUSTIÇA SUPERIOR DIVINA.
.
Quando Grandes Iniciados vão dar o último passo para a LIBERAÇÃO, se defronta com a Lei do Karma que agora cobra-lhe o pecado do adultério ( ou adultérios ) de existências passadas e este karma é inegociável, como já foi esclarecido, então tem que pagar com dor, sem poder mais praticar o Arcano AZF que poderá demorar muito ou pouco, segundo o grau dos abusos aqui no mundo físico. No entanto, passando pelo processo kármico, pode voltar a atividade prática da magia sexual, para que se conclua a obra esotérica.

Entende-se que este processo passam os GRANDES INICIADOS e que depois voltam a atividade sexual geralmente nas dimensões superiores, quando não se dá o divórcio. Claro( ! ), pois estão DESPERTOS nos mundos superiores e são pessoas que tem eliminado muito ego.

Os oportunistas e adormecidos trocam de consortes aqui no mundo físico, convenientemente, para ainda parecer que já estão no final da segunda montanha e já pago este último karma. Sabe, esses tipos mitômanos precisam se auto-afirmarem como Mestres e convencer os incautos de que estão adiantados, entre outras coisas, então ficam inventando estas estorinhas da secretária, da filadélfia etc. e etc.


A ENTERRADORA

Para melhor entendermos toda esta questão, vamos colocar abaixo trechos das explicações do Mestre Rabolú que foi quem mais esclareceu sobre esta questão. 

V.M. Rabolú
Antes de tudo, é necessário saber que o V.M. Rabolú é um Mestre da Justiça que foi anunciado pelo V.M. Samael Aun Weor à toda comunidade gnóstica internacional como um dos 42 Juízes da Lei Divina, REENCARNADO, na pessoa de Joaquin Henrique Amortegui Valbuena, delegando ao mesmo plenos poderes para legislar, transformar, julgar e resolver problemas relacionados com o Movimento Gnóstico.  Vejamos:

"O Mestre Rabolú, como Juiz do Karma, tem poderes absolutos para estabelecer a Ordem onde quer que se faça necessário. Sede Patriarcal do México respalda firmemente todos os trabalhos e conclusões do Mestre Rabolú. Indubitavelmente, o Mestre Rabolú deve derrubar muitos ídolos de barro e corrigir muitos erros”. ( V.M. Samael Aun Weor, no Grande Manifesto Gnóstico Internacional - Em 01 de Janeiro de 1976 )

"A Nova Ordem estabelecida pelo Venerável Mestre Rabolú é depuradora em cem por cento, e quando se processa didaticamente, de acordo com a lei da balança, não poderia, de modo algum, causar martírio de nenhuma espécie..." 

"...De modo algum a Sede Patriarcal do México poderia autorizar marcha para trás, para etapas já superadas. A Nova Ordem estabelecida pelo Venerável Mestre Rabolú foi devidamente autorizada pelo Patriarcado, desde a Sede Patriarcal do México. ( V.M. Samael Aun Weor - Grande Manifesto da Sede Patriarcal do México - 1° de Junho de 1976 )

Leia mais em:
V.M. Rabolú - Mestre da Lei Divina Reencarnado
http://gnosesamaelgnosisgnosticos.blogspot.com.br/2010/09/mais-esclarecimentos-temos-visto.html 

Vejamos agora os esclarecimentos do Mestre Rabolú. O que vem entre parêntesis e na cor VERDE é para melhor entender as explicações que deu o Mestre da Lei Superior Divina, reencarnado em seu bothisatwa Joaquin Amortegui, que pouco sabia escrever. É oportuno também aclarar que para ser MESTRE não é necessário saber escrever e sim ter encarnado, integrado ou unido-se ao ÍNTIMO, ÁTMAN; nosso Mestre Interno, que é completamente diferente da alma humana. Quem conhece o espiritual e as dimensões superiores é o Mestre Interno daquele que o encarnou; e somente integra-se ao ÍNTIMO o iniciado que escolheu o CAMINHO DIRETO, ou seja, aquele que optou por trilhar a Segunda Montanha com o objetivo de chegar a CRISTIFICAÇÃO.

Fizeram a seguinte pergunta ao Mestre Rabolú ( traduzido para a língua portuguesa ):

P. – Mestre, à parte das provas que nos tem relacionado desde ontem até agora, pode nos falar um pouquinho sobre a prova da enterradora?

V.M. – A enterradora, por exemplo, é, quando o iniciado chega a pagar o pecado contra o Espírito Santo. Então o iniciado tem sua esposa; porém, a esposa não se presta para praticar a transmutação. Então fica ( fica estancado ). Não pode conseguir outra, porque cai em adultério. A senhora não se presta para a prática, então, aí o iniciado fica de mãos para cima. E aí, por exemplo, quando já passa essa prova, que já o definem, já lhe tiram a senhora e lhe aparece a outra, a que poderíamos chamar de enterradora , que é a que serve de instrumento para o Mestre terminar sua etapa. É a que serve como um instrumento. Tal como aconteceu ao Mestre Samael. Exatamente igual. E todo iniciado tem que passar por isso. Todo, porque todos devemos o pecado contra o Espírito Santo, que é o pecado mais grave e esse pecado não o vamos pagar com os três fatores. Esse o pagamos tal como o fizemos.

Aqui, um breve comentário:

Veja que o mestre fala "já lhe tiram a senhora e aparece outra" , o que significa dizer que, de um modo geral, o cônjuge desencarna para aparecer-lhe outro ou então separa-se judicialmente ou ainda continua-se juntos sem, no entanto, haver união de corpos para, neste caso, continuar o trabalho alquímico em outra dimensão. 

No livro "As Três Montanhas", o Mestre diz como se levantou numa outra raça ( Lemúria ) onde sua esposa-sacerdotisa era, por recorrência, também Litelantes e que depois ela havia se desencarnado, aparecendo-lhe a enterradora. Vejamos:

"Concluídos os esotéricos trabalhos nos infernos do planeta Plutão, tive, então, que levantar colunas… Plus Ultra, Adam-Kadmon, Homem celeste: tais são os místicos significados que foram atribuídos às colunas de Hércules… Aquele evento cósmico-humano foi precedido pela desencarnação da minha esposa-sacerdotisa Litelantes… Inquestionavelmente ela, em si mesma, era certamente o único nexo kármico que neste vale doloroso do Samsara me ficara… Eu a vi afastar-se de seu descartado veículo lemuriano, vestida, certamente, de rigoroso luto..."

"...Em plena mesa do festim me encontrava, acompanhando, ditoso, pela nova esposa e muito altos sacerdotes… Litelantes, então, atravessou o umbral da régia sala. Veio, desencarnada, presenciar a festa… Assim, ó deuses, foi como restabeleci o Segundo Logos, o Cristo Cósmico, no santuário da minha alma…"

Observe também que, no texto descrito acima, nos tempos da Lemuria, Litelantes havia desencarnado, para somente depois o Mestre Samael receber a nova esposa ( a enterradora ) para com ela concluir a segunda montanha e encarnar o segundo Logos que se dá no final da Montanha da Ressurreição.

Porém, no caso da existência atual de Samael a esposa-sacerdotisa Arnolda ( bothisatwa da Mestra Litelantes ) não desencarnou, permanecendo com ele até o final de sua vida.
É claro que, a nova sacerdotisa que Samael recebeu, é dos mundos internos, ao exemplo das Dakinis, pois o Mestre continuou com dona Arnolda até o fim de sua vida, porém sem haver mais contato sexual, devido ao problema genital que a afetava. Esotericamente dizendo, o órgão genital da mulher ( yoni feminino ) é também chamado de vaso hermético ou cálice hermético e quando se encontra incapacitado, doente e não mais funcionando é chamado esotericamente de "vaso quebrado".É uma terminologia esta, esotérica.

Todo gnóstico sabe que diante da Lei da Justiça não se pode ficar casado com duas pessoas aqui no mundo físico, ainda mais para um posto como o de Avatar da Era de Aquário. Acontece que, assim como surgem os mitômanos  também surgem as mitômanas e, sob outros aspectos, são tomadas por alucinações e se sentindo especiais e importantes, passam também a dizer que foi a enterradora de Samael, assim como quando um mitômano diz que é o Mestre Judas, Moisés, Sócrates, Jesus, Anúbis, etc., onde as pessoas passam a acreditar para depois contar suas estorias a comunidade gnóstica. Teve um outro que chegou a dizer que a nova sacerdotisa de Samael era a filha do discípulo extraviado Salasar Bañol, que foi um secretário do Mestre Samael. É só para você ter uma ideia da variedade de estorias que andaram dizendo por aí, sobre esse mesmo assunto. 

A Lei da Justiça sempre rege a obra do Alquimista

Escreveu também o Mestre Samael:

A Deusa da Justiça
"...Em todo caso, a Justiça rege os trabalhos do alquimista, e a Justiça é a Lei.
Se um alquimista, por exemplo, tem esposa-sacerdotisa e de repente deixa à esposa-sacerdotisa, e estando em pleno rendimento sexual vai e se mete com outra mulher, pois adultera. Por que? Porque duas correntes misturadas dentro da espinha dorsal, chocam entre si. Um alquimista carrega uma corrente elétrica, e se logo se mete com outra mulher, então a corrente contrária se mistura com a primeira corrente - com a qual carregava no seu organismo -, e ali resulta um curto-circuito, e então, se queima um fio que é por onde sobe a Serpente Sagrada; esse fio é o nadi-chitra. De maneira que se se queima o nadi-chitra, então a Serpente, ou seja, o Enxofre misturado com Mercúrio, que tem a figura da Serpente, baixa uma ou mais vértebras, segundo a magnitude da falta. É, pois, muito grave o adultério.
Outra coisa grave, que é? A fornicação. Se o alquimista derrama o vaso de Hermes Trismegisto, se perde o Mercúrio, inquestionavelmente se queima o nadi-chitra e baixa a Serpente Sagrada.
 Para poder você realizar a Grande Obra, tem que estar submetido à Deusa da Justiça. Se viola a Lei da Balança, o trabalho alquimista fracassa categoricamente. Para poder você realizar a Grande Obra, tem que estar submetido à Deusa da Justiça. Se viola a Lei da Balança, o trabalho alquimista fracassa categoricamente.
Tenha-se em conta que a fabricação dos corpos existenciais superiores do Ser é uma Obra de Alquimia, mas que essa Obra tem que estar dentro dos cânones do Direito da Justiça Cósmica. Em caso contrário, há fracasso inevitável". ( "Conferência Sobre Batismo e Matrimônio - V.M. Samael Aun Weor )

De maneira que todo o trabalho de alquimia sexual é dirigido pela Lei Superior Divina e é claro que quando o iniciado desobedece esta ordem da Lei da Balança que está sempre uníssona com a vontade de nosso Pai Interno, as consequencias desfavorecem à obra esotérica. É tão grave buscar pessoalmente uma nova sacerdotisa sem estar autorizado para isto, quanto não aceitar a nova sacerdotisa quando a Lei da Justiça Divina já lhe exige para se concluir a obra esotérica. A esta altura já são coisas para altos iniciados como o Mestre Samael que poucos compreenderiam, principalmente os ignorantes antignósticos.  

Continuemos, agora, com o relato do Mestre Rabolú:

"Isso não tem um lapso de tempo determinado, senão, de acordo com o nosso karma, se prolonga ou se encurta o trajeto. Porém, é aí que nos aparece a enterradora, a que serve de instrumento ao iniciado, para terminar seu caminho. Esse é o conto da enterradora.

Isso do Mestre Samael foi uma quantidade de debates que houve no tribunal ( dimensão superior ), porque ele tinha um lapso de tempo de três ou quatro anos sem se unir sexualmente à mulher, porque ela não servia, ou não se prestava. Quando do Congresso de Guadalajara, eu o comprovei.
Então, no tribunal, dizíamos ao Mestre que escolhesse a outra mulher, porque já não havia adultério, já tinha como três anos de separação, já não havia adultério, para que terminasse sua Obra. Então ao Mestre lhe dava medo que fosse cair num castigo, então aguentava e aguentava assim sem nada, até que lhe apareceu a enterradora. E, todavia, apareceu a enterradora e, não obstante, o Mestre não queria, porque lhe dava medo, temor".

"Até que houve o último debate que se fez lá. ( no Tribunal do Karma ). Estavam a esposa, a enterradora e todo o tribunal ( na 5ª dimensão superior ). Então, ordenou-se ao Mestre que escolhesse a enterradora (para finalizar a segunda montanha ). Já era ordem da lei; e ele, como estava temeroso, então o ameaçamos: Cairia num castigo terrível se não escolhesse a outra esposa para terminar sua Obra. Porque estava estancado. Ele chegou aí e não podia passar, porque lhe faltava terminar. Então, nessa noite, por fim, o obrigamos! Obrigado!!! 
Então, Dona Arnolda passou as recordações, porém, muito vagas. ( recordou-se pouco do ocorrido no Tribunal da Justiça Superior Divina ) Ela se recorda que viu a outra ( a enterradora ). Tudo ( sem saber no entanto o que ficou definido ).
Então me chamou, de manhã, e me disse:
– Bem, que aconteceu à noite?
Então me coube fazer-me de louco e lhe disse:
– Eu não sei do que a senhora me fala.
– Não? O que definiram, o que houve, por fim, com essa outra mulher! Que não sei quê...
Disse-lhe:
– Porém, a senhora me está falando de uma coisa que eu não sei!
E me coube fazer-me de louco, porque ela mo queria arrancar ( arrancar-lhe a informação do que havia resolvido no tribunal interno ) .
Então lhe disse:
Não, eu não soube o que aconteceu, nem sei de que me fala a senhora!"

Dessa vez dona Arnolda chorou, para que eu lho dissesse. E não, um segredo. ( que era segredo, não podia contar ) Aí se diz: Esquadro e compasso! Esquadro e compasso é que não saia da nossa boca para nada. ( como ordem superior para não se dizer absolutamente nada e que o Mestre Rabolú teve que cumprir esta ordem superior ) Então, ela ficou. ( ficou sem saber ) E foi quando já veio o processo do Mestre".

"Porém, por aí as pessoas, os estudantes ou as gentes que não conhecem de esoterismo, diziam: – Que adultério! Que havia caído em adultério! E não, aí não houve adultério. Aí não houve nenhum adultério.
Antes, ele ( Samael ) o fez obrigado, porque nós ( os Juízes da Lei Divina ) já fomos em cima dele, para que terminasse a Obra ( da Segunda Montanha ).
Sim, ele foi obrigado e o fez, porque houve ameaça contra ele; seria severamente castigado se não escolhesse a outra senhora, que é a enterradora, para terminar sua Obra. Está entendido, sim?” ( Do livro "Águia Rebelde" – V.M. Rabolú )

Como se vê o Mestre Samael, viveu com dona Arnolda e seus filhos até o final de sua vida e a outra dama-adepta eleita para o Mestre Avatar continuar com seu trabalho de alquimia sexual, era uma dama-sacerdotisa pertencente a uma outra dimensão superior, tal como uma Dakini, para concluir sua obra esotérica.  Não existia, portanto, esta mulher no mundo físico, razão pela qual Samael não divorciou de sua esposa Dona Arnolda, posto que até então ninguém sabia desta informação sigilosa e oculta, que estava sob esquadro e compasso, conforme dito pelo Mestre Rabolú.

Posteriormente, Dona Arnolda acabou por intuir o que poderia estar esotericamente ocorrendo e passou esta informação para alguma pessoa ou pessoas que ingenuamente confiava e a partir daí é que vazou esta informação de forma totalmente distorcida, transformando-se em várias estorias e boatos por parte dos intelectuais e traidores para em seguida chegar ao conhecimento de toda comunidade gnóstica, de forma totalmente irreal, depois, é claro, que o Mestre Samael desencarnou


OS ABSURDOS ENSURDECEDORES

É preciso ser muito inocente em acreditar nos disse-que-disses de extraviados para pensar que Samael vivia com outra mulher aqui no mundo físico. Fica até cômico imaginar o Mestre Samael, saindo de casa as escondidas, todos os dias as 10 horas da noite, por exemplo, para encontrar-se com as secretarias, as filadelfias, as Claras Chaves entre outros nomes inventados de todas estas historinhas inventadas, e fazer prática de alquimia sexual, para depois voltar para casa, sem ninguém desconfiar de nada, nem esposa, nem filhos e nem gnósticos próximos e ainda sem ter dado nenhuma satisfação pública a comunidade gnóstica, o que é mais absurdo ainda.

Surgiu até escritos onde se lê a mentira de que dona Arnolda, ficando furiosa, passou a telefonar aos gnósticos da América Latina informando sobre o adultério, entre outras mentiras das mais infantis e escabrosas possíveis.

Veja, agora, o tamanho do absurdo que o delinquente Quetzal introduziu em seu site anti-Samael La Gnosis Develada:

Renderos en Como surgió la gnosis en El Salvador escribió:
"Entrevista/visita a D. Julo Medina
Aprovechando mis vacaciones anuales se me ocurrló visitar al Maestro GARGHA KUICHINES (JULIO MEDINA V.) en su residencia ubicada en la ciudad de CIENAGA -Magdatefta- COLOMBIA. Le pedi audenia y me la concedió, seguidamente partimos hacia allá con mi esposa. En Julio de 1978.

EI hogar de Don Julio y familia era pasibie; nos recibió El. su esposa e hijos con mucha cortesía. Después de las presentaciones y saludos de rigor, el maestro comenzó su comentario acerca de lo ocurrido en la SEDE PATRIARCAL. asi: MI COMPADRE me confió su cambio de pareja, en cumplimiento de la orden que le dio su REAL SER de tomar por esposa a CLARA CHAVEZ quien fungía como ISIS en los RITUALES, porque con ella saieron del PARAÍSO y con ella debian volver. Que con la comadre no eran casados y por no haber tenido relaciones intimas por mais de 7 años consecutivos con ella, no habia violado el NOVENO MANDAMIENTO. Que en los cuerpos físicos de ambos no habia un solo átomo de sus relaciones maritales. por lo tanto no habia violado la LEY UNIVERSAL. Que su boda fue solo CIVIL en Guadalajara hacia más de un año y que su acta de matrimonio la guardaba herméticamente. A su nueva Sacerdotiza la alojaba en un Hotel del D.F. Parece ser que uno de los testigos de la Boda lanzõ (a piedra, la cual llegó a manos de la comadre, mujer de armas tomar, quien descubrió el cuerpo del delito, se enceló y comenzó la guerra sin cuartel contra el Maestro y la famulia Chávez. Llena de furia comenzó a llamar telefónicamente a los gnósticos de América Latina, informándoles que el Maestro había caído en adulterio".

Nesta outra cômica versão, de acordo com a mentira descrita acima, dona Arnolda , enfurecida, teria iniciado uma guerra sem quartel, onde teria telefonado para os gnósticos denunciando o "adultério".  Observe você que mentira mais imbecil, pois que todos ( familiares e gnósticos ) viveram em harmonia com o Mestre Samael até o final da vida. A mente destas pessoas está tão mal intencionadas que nem lógica conseguem dar a suas mentiras. Nem esquizofrênico mente desta forma, o que vem somente demonstrar que quando uma pessoa desanda começa a dizer BOBAGENS para cair ainda mais em descrédito perante os gnósticos autênticos. Cabe aqui informar que Julio Medina Vizcaíno foi o maior traidor do V.M. Samael e um dos precursores da divisão do Movimento Gnóstico, depois da desencarnação do Mestre Avatar.

Este texto aí de cima está parecido com aquelas estorinhas de Dosamantes, em seu cômico livro "Litelantes La Gran Estrella Del Dragón", onde diz absurdos incríveis  como aqueles de que "os verdadeiros amigos" de Samael eram magos negros definidos desses que tem pacto com o Diaboque Samael teria mais confiança nos magos negros do que nos irmãozinhos gnósticos; que as amizades dos magos negros eram desinteressadas ( Meu Deus!!! mas que mentira mais infantil! ); que Samael havia desistido da renuncia dos direitos de autor, alegando ainda que se tratava de prova esotérica à seus alunos, dentre outros ABSURDOS ESTONTEANTES e ENSURDECEDORES, para não dizer artimanhas premeditadas de tipos que se infiltram no círculo gnóstico, para isto: PARA MENTIR BASTANTE.  A autoconfiança desses elementos em mentir, em suas estorinhas relatadas  é tão grande, que eles pensam  que os gnósticos ( os verdadeiros ) vão acreditar cegamente nos DISPARATES que  escrevem em seus livros pseudognósticos e o resultado é justamente o contrário, pois que só vem demonstrar, com fatos claros e contundentes,  que são pessoas que no mínimo extraviaram do caminho.

Veja que, não é porque uma determinada pessoa foi secretário, discípulo ou missionário que tem que se acreditar nas estorinhas absurdas que eles contam. Nós sabemos que o Sr. Júlio Medina Vizcaíno ( bothisatwa caído do respeitável Mestre Gargha Kuichines ) infelizmente se extraviou da senda esotérica gnóstica convertendo-se em TRAIDOR do V.M Samael Aun Weor. E isto é tão evidente que não somente andou contando esotorinhas como o da "Clara Chaves"( segundo o que diz o relato acima ), como também começou a escrever eloquentes mentiras em seus livros depois que Samael desencarnou, é claro.

Cabe aqui recordar que Júlio Medina escreveu aquela outra FLAGRANTE MENTIRA de que Samael aprendeu a se desdobrar em astral com dona Arnolda para ainda visitar a casa de bruxaria.  Observe você o alto grau da mentira que por certo é bem imbecil e titeresca. Vejamos:

“A negra (nome familiar que o Mestre dava à sua esposa) lhe contou que ela sabia sair em corpo astral, que sabia que ele chegaria, que por isso havia ido à quebrada com algo de roupa para não infundir suspeitas entre seus familiares. A negra lhe ensinou a sair em astral, mas pelo lado negativo, com orações negativas e invocando a Santa Maria da Altina, e iam à Espanha, à casa da bruxaria; ali se relacionou com pessoas de muita influência. Contudo isto não lhe interessava, porque o conduziria pelo caminho tenebroso e estava lutando era para conhecer o sendeiro da Luz, não o de trevas. Mas o certo era que havia aprendido a sair em astral e aproveitou este conhecimento para fazer grandes reflexões sobre as saídas em astral que o conduziram a pensar: "Se consegui sair pelo caminho negro, por que não buscar o caminho branco?” ( Júlio Medina Vizcaíno, bothisatwa caído do V.M. Gargha Kuichines )

É realmente triste ver como se converte em TÍTERES os bothisatwas que rodam. O V.M. Gargha Kuichines deve ter sofrido muito ao ver seu bothisatwa se desviando da senda e falando mentiras em prejuízo ao Grande Mestre Samael e da humanidade...  Não deve ser nada fácil para o Mestre Interno ver acontecer tudo isto... É realmente muito triste e lamentável!
.
De maneira que esta é mais outra mentira lascada do Sr. Julio Medina e que  é muito fácil de ser desmantelada, pois todos sabem que o Mestre Samael saía em astral desde jovem, muito antes de ter conhecido a sua esposa Arnolda. Existem vários  relatos do próprio Mestre Samael onde descreve em seus livros, que saía em astral desde menino e depois vem esse outro traidor e  extraviado dizendo que Samael aprendeu a sair em astral com dona Arnolda para ainda visitar a casa da bruxaria. Ele ( Julio Medina ) pretendeu convencer os incautos  com relatos mentirosos, mas que só pôde mesmo convencer os demais extraviados que o seguiram, além dos satanistas antignósticos , é claro!

Vamos então aqui, desfazer esta outra mentira e nas palavras do próprio Mestre Samael. Vejamos:

“Vou contar um caso pessoal; como se verificou o meu primeiro desdobramento. Eu era ainda muito jovem quando resolvi me desdobrar à vontade. Recordo claramente que pus bastante atenção no processo do sono. Quando senti que estava quase dormindo, nesse estado de transição que existe entre a vigília e o sono, atuei inteligentemente. Não me pus a pensar que ia me desdobrar porque obviamente se houvesse ficado pensando, não teria realizado o experimento almejado. Repito que agi. Levantei-me com grande suavidade do leito e ao fazê-lo produziu-se uma separação muito natural entre a alma e o corpo. A alma ficou fora e o corpo na cama dormindo. Sai da minha casa para a rua de maneira espontânea e clara, pondo-me a caminhar por uma rua deserta. Detive-me na esquina seguinte da rua e refleti por uns instantes sobre o lugar aonde deveria me dirigir. Resolvi ir à Europa. Tive de viajar por cima das águas do Atlântico, flutuando maravilhosamente no espaço luminoso. Senti-me cheio de uma alegria não concebível para os seres humanos. Por fim atingi a cidade de Paris” ( Do livro “Além da Morte” – V.M. Samael Aun Weor ).

Abaixo, outra prova de que o Mestre Samael não aprendeu com ninguém a sair em astral. Fizeram a seguinte pergunta ao Mestre Samael:

Pergunta:
Maestro, para salir del cuerpo físico ¿se necesita algún aprendizaje antes, o hay alguien que lo sabe hacer de nacimiento?, porque yo he oído a muchas personas que dicen, yo se viajar en astral. ¿Podría explicarme si es lo mismo?

V.M. Samael:
"Mi respetable amiga, me parece muy a propósito su pregunta. En nombre de la verdad debo decirle que a mi nadie me tuvo que enseñar a salir en astral. Nací con esa facultad, por eso es que conozco los misterios de la vida y de la muerte". ( Do livro “Mirando al Mistério” – Cap. 14 – V.M. Samael Aun Weor )

Nós aqui acreditamos no que o Mestre Samael escreveu em seus livros e não em historinhas inventadas de TRAIDORES e seus sequazes. De maneira que é muito fácil desmentir esses tipos extraviados sobre tudo o que andaram falando do Mestre Avatar, depois que Samael desencarnou , obviamente; porque se eles tivessem dito tudo isto antes do Mestre desencarnar, esteja certo que todas estas ESTORIAS teriam sido DESMENTIDAS na cara desses ELEMENTOS,  cuja divisão do Movimento Gnóstico se deve a eles.

Agora quem quiser acreditar em gente que costuma mentir bastante é livre para isto, OS AFINS SEMPRE SE ATRAEM...

Também não é novidade à ninguém que  Júlio Medina já vinha desandando nos últimos anos, antes do desencarne de Samael e isso é tão verdadeiro que o Mestre Samael reuniu um grupo de discípulos do Sumum Supremum Sanctoarium para fazer cadeias contínuas, em turno de 3 pessoas e trabalhar com os ANJOS da antiga terra lua, no sentido de tirar a força do bothisatwa. Existe até o documento chamado CARTA DE ISOLAMENTO  datado em 04 de março de 1976.

O Mestre Samael só não o expulsou do Movimento, porque ainda tinha esperança de recuperá-lo internamente e estava lutando para o bothisatwa Julio Medina não se perder novamente... De maneira que não é porque uma pessoa é missionária, secretária ou pessoa próxima do Mestre Samael é que temos que acreditar nos absurdos que dizem. 

Recordemos aqui que o filho do Mestre Huiracocha inverteu a prática do Arcano AZF na F.R.A. de Arnold Krumm-Heller ( V.M. Huiracocha ) por influência do thelemismo da Besta 666 Aleister Crowley. De forma que, num círculo esotérico autêntico,  acontece de tudo com o fim de destruir a obra do Venerável Mestre da Loja Branca, quanto mais a obra de um Mestre Avatara da Era de Aquário que teve a missão de desvelar a Gnosis do Cristo Jesus.

É a loja negra que utiliza o ego, a nível mental,  de missionários, estudantes, discípulos e seja lá quem for e passa a incultir pensamentos internos, para convencer e encorajar tais pessoas a cometerem seus erros, delírios e delitos, que , inclusive, deveriam ter corrigido publicamente, mas o orgulho, subindo a cabeça, convertem-se em elementos débeis prosseguindo com o erros até o último suspiro de vida.

É preciso ficar com os olhos bem abertos e com a atenção  redobrada para não ficar acreditando no que dizem por aí. 

Além do mais, já sabemos que tem  GENTE INFILTRADA que cria siglas gnósticas e que também entram nas escolas gnósticas para distorcer os ensinamentos, além de abrir sutilmente portas para seus estudantes conhecer o thelemismo, satanismo, bruxaria, wicca e demais ensinamentos tenebrosos do ocultismo negro ou invertido e também do pseudo-esoterismo, tudo muito cordialmente e "fraternalmente". 

Só para se ter uma ideia, lembro-me de uma circular  do Mestre Rabolú onde comunicava que um tesoureiro da Junta Nacional da Colômbia havia se infiltrado no Movimento Gnóstico com o fim de tirar gente da escola gnóstica para levar as fileiras da loja negra, ao que o elemento e seus cúmplices foram todos expulsos. É para você ter uma noção do que acontece dentro da instituição esotérica gnóstica. Existem elementos disfarçados de gnósticos que se infiltram para alcançar a condição de instrutores, missionários e ocupam cargos dirigentes e administrativos com o firme propósito de desviar pessoas do Movimento Gnóstico, tudo muito sutilmente, "fraternalmente" e "santamente".

É demasiado triste ver o que aconteceu no Movimento Gnóstico Cristão Universal, depois que o Mestre Samael desencarnou. Foi realmente uma FATALIDADE!  Passaram a cobrar pelo ensinamento gnóstico, coisa esta que o Mestre Samael nunca fez em sua vida; começaram aparecer um monte de mitômanos, chegando-se a forjar cartas para se dizerem sucessores,  para ainda surgirem os disse-que-disses e escreverem coisas que nunca existiram e que o Mestre Samael nunca fez e escreveu.

Os débeis  tem caído na mão da loja negra, uns inconscientemente outros conscientemente, para através deles cooperar com a depreciação do nome do Mestre Samael Aun Weor.

Hoje nós vemos sites como "La Gnosis Develada" do delinquente Quetzal se servindo de tudo isto para desmoralizar o nome do Mestre Samael e destruir a Divina Gnosis do Cristo, para a desgraça ainda maior da humanidade.  Como vê, tudo isto aconteceu e não é a toa, pois que serviu de manjar precioso para a loja negra.

CONCLUSÃO: enquanto mantemos e cultuamos o ego em nosso interior, o inimigo oculto vai se servindo dele para destruir a Divina Gnosis.  Esta é a tremenda realidade! O mundo, a sociedade e os círculos esotéricos autênticos não podem marchar bem, enquanto continua-se cultuando o ego, que é o nosso maior inimigo interior e de toda a sociedade humana.

É PRECISO FICAR ALERTA COMO O SENTINELA EM ÉPOCA DE GUERRA , dizia o V.M. Samael!...

FIQUEMOS ALERTA!

Paz Inverencial!
.